Teste CARPLACE: Nissan Sentra Unique 2016 mostra maturidade

Desde que assumiu seu lado "tiozão", nesta atual geração lançada em 2013, o Sentra tem encontrado boa acolhida no mercado brasileiro. Seja pelo estilo mais classudo ou pela origem japonesa que tanto agrada ao consumidor de sedã de médio por aqui (que o digam Civic e Corolla), o modelo da Nissan vem ocupando invariavelmente a terceira posição em vendas do segmento, desbancando caras como Cruze, Focus e C4 Lounge, entre outros rivais.
Teste CARPLACE: Nissan Sentra Unique 2016 mostra maturidade
Conquistar o público não fez, porém, a Nissan fechar os olhos para a necessidade de aprimorar o Sentra. E algumas das melhorias vieram a reboque da linha 2016, como a adoção do controle de estabilidade VDC e da central multimídia atualizada. Como cereja do bolo, estreia a série Unique no topo da gama acima da versão SL, nos moldes do Corolla Altis. O preço do sedã vindo do México já não é mais tão agressivo quanto na época do lançamento, mas ainda assim está bem inserido no segmento: a tabela do Sentra varia de R$ 69.190 a R$ 87.490, sendo a versão de entrada S a única com câmbio manual e a única a não ganhar o VDC.
Teste CARPLACE: Nissan Sentra Unique 2016 mostra maturidade
Assim que chego para buscar o carro para nossa avaliação, o Sentra Unique me recebe com requinte. Primeiro pela bela soleira iluminada, depois pela cabine em cor clara, com a parte inferior do painel e do console, as laterais de porta e os bancos de couro em bege. Até mesmo os tapetes desta versão são diferenciados, de carpete e em cor clara, o que reforça a ideia de sofisticação. A lista de mimos é farta, incluindo ar digital de duas zonas, sensores de chuva, iluminação e de estacionamento, chave presencial com partida por botão, teto-solar, retrovisores externos rebatíveis eletricamente, retrovisor interno eletrocrômico e a central multimídia que agora tem integração com aplicativos de smartphone (como o sistema do March), mantendo a tela touch de 5,8" com GPS e câmera de ré. Por fora, a série especial pode ser identificada pelo logotipo na traseira e pelo desenho mais esportivo (e exclusivo) das rodas de liga aro 17". Em termos visuais, é o Sentra mais bem apresentado da história.
Teste CARPLACE: Nissan Sentra Unique 2016 mostra maturidade
Entrar e dirigir também traz coisas boas. Algumas reclamações que fizemos em seu primeiro teste, dois anos atrás, foram reparadas, como a ausência de comando "um toque" para todas as janelas, e o fim das batidas secas dos amortecedores. O Sentra havia sido amaciado em relação à geração anterior, mas ainda acusava o golpe dos buracos no fim de curso. Agora com novos amortecedores, o sedã ficou sensivelmente mais macio e silencioso, chegando próximo do Corolla em suavidade de rodagem. Pena ainda não terem revisto o volante que despenca quando se libera a trava de ajuste, o que definitivamente não cabe num carro de quase R$ 90 mil!
Teste CARPLACE: Nissan Sentra Unique 2016 mostra maturidade
Internamente o Sentra mantém o painel de linhas sóbrias e funcionais, com cluster de fácil visualização e comandos práticos de operar, mas nada que chame atenção. O destaque da cabine é o amplo espaço, seja para quem dirige, seja para os passageiros. É difícil encontrar sedã médio que receba melhor os ocupantes do banco traseiro do que este Nissan. O porta-malas também é generoso, com 503 litros e a "boca" bem larga para receber as malas - só faltaram os braços pantográficos na tampa traseira, como existia na geração antiga.
Teste CARPLACE: Nissan Sentra Unique 2016 mostra maturidade
Afora a suspensão, nada mudou na tocada do Sentra. Ele continua um sedã para rodar sem pressa e apreciar o conforto. O câmbio CVT casa bem com o motor 2.0 16V Flex e deixa a condução "lisa", sem trancos, mas um tanto monótona - é questão de gosto. Com os discretos 140 cv e 20 kgfm gerados pelo propulsor, o desempenho não passa do razoável: tendo aceleração de 0 a 100 km/h em 11,5 s e retomada de 80 a 120 km/h em 8,7 s, o Sentra anda a contento, mas fica no retrovisor dos principais rivais. E o motor se põe a "gritar" quando exigimos mais do acelerador, travando o giro lá em cima - como costuma ocorrer nas transmissões de relações variáveis. Também no consumo os resultados não são nada demais. Com médias de 7,0 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada, usando etanol, o Sentra é mais gastão que Civic 2.0, Corolla 2.0, Focus Fastback...
Teste CARPLACE: Nissan Sentra Unique 2016 mostra maturidade
Na comparação com o líder Corolla, ao menos o Sentra corrigiu a falha de não ter o controle de estabilidade. O dispositivo, que pode ser desativado por um botão no lado esquerdo do painel, tem atuação discreta e eficiente, aumentando a segurança especialmente em condições de piso escorregadio ou sob chuva. Na dinâmica, por outro lado, o Nissan não revela um acerto tão bom quanto o do Toyota. A direção tem menos "conversa" com o motorista e a carroceria balança mais em curvas e frenagens fortes, ainda que os pneus Continental 205/50 R17 sejam bastante aderentes e ajudem na estabilidade.
Teste CARPLACE: Nissan Sentra Unique 2016 mostra maturidade
Mesmo sem a grande vantagem financeira que tinha anteriormente (a versão SL estreou em 2013 por R$ 71.990), o Sentra 2016 ainda bate na tecla do custo-benefício: tabelado a R$ 87.490, este Unique custa menos que o Corolla intermediário (XEi) e ainda promete a manutenção mais barata da categoria, cobrando R$ 2.244 pelas revisões até 60 mil km (incluindo mão de obra). E então, vai um sedã de tiozão aí? Por Daniel Messeder Fotos: Divulgação Nissan  

Ficha técnica – Nissan Sentra Unique

Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros, 16 válvulas, 1.997 cm3, comando duplo variável na admissão, flex; Potência: 140 cv a 5.100 rpm; Torque: 20,0 kgfm a 4.800 rpm; Transmissão: câmbio automático variável CVT, tração dianteira; Direção: elétrica; Suspensão:independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira; Freios: discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS; Peso: 1.348 kg; Capacidades: porta-malas 503 litros, tanque 52 litros; Dimensões: comprimento 4.625 mm, largura 1.761 mm, altura 1.500 mm, entreeixos 2.700 mm Medições CARPLACE Aceleração 0 a 60 km/h: 5,3 s 0 a 80 km/h: 7,9 s 0 a 100 km/h: 11,5 s Retomada 40 a 100 km/h em D: 9,1 s 80 a 120 km/h em D: 8,7 s Frenagem 100 km/h a 0: 40,1 m 80 km/h a 0: 26,2 m 60 km/h a 0: 14,3 m Consumo Ciclo cidade: 7,0 km/l Ciclo estrada: 10,5 km/l

Galeria de fotos:

Seja parte de algo grande