Reação: Ecosport 1.6 ganhará câmbio Powershift em agosto

A Ford enfim vai reagir aos ataques de HR-V, Renegade, 2008 e Duster reestilizado ao EcoSport. Até então líder do segmento de crossovers compactos, o modelo do oval azul amargou a quarta posição do segmento em junho e já vê ameaçado seu primeiro lugar no acumulado do ano.
Reação: Ecosport 1.6 ganhará câmbio Powershift em agosto
Pois, de acordo com fontes ligadas à Ford, a reação do Eco deverá começar em agosto com a oferta do câmbio automatizado Powershift para as versões 1.6 - até então a transmissão era exclusiva do EcoSport 2.0. Junto com o câmbio de dupla embreagem e seis marchas chega também a versão atualizada do motor Sigma 1.6 emprestada do Fiesta, com duplo comando variável e 130 cv quando abastecido com etanol (atualmente o Eco 1.6 tem 115 cv).
Reação: Ecosport 1.6 ganhará câmbio Powershift em agosto
A ideia da Ford é fortalecer o modelo em uma faixa abaixo do HR-V, apostando no cliente que quer gastar cerca de R$ 75 mil no máximo. Ainda não será desta vez, porém, que o EcoSport passará pela reestilização que o deixará com traços semelhantes aos do novo Edge. A reforma visual está prevista somente para 2016, e o estepe continuará do lado de fora. Sobre a versão europeia com opção da tampa traseira lisa, um interlocutor da Ford diz que a solução não serve para o Brasil pelo fato de o pneu sobressalente ser obrigatório. Assim, o Eco nacional só deverá abandonar o estepe pendurado na próxima geração.

Seja parte de algo grande