FCA comemora lucro global recorde, mas América do Sul registra prejuízo

O grupo FCA Fiat-Chrysler divulga nesta semana o balanço relativo ao segundo trimestre de 2015 e comemora números bastante positivos. Conforme explica a companhia, o lucro líquido alcançado foi 69% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. Dessa forma, o ganho obtido foi de 333 milhões de euros, o que representa mais de R$ 1,2 bilhão. A América do Norte, de longe, representou o maior crescimento, enquanto a região que compreende a América do Sul amargou retração.
FCA comemora lucro global recorde, mas América do Sul registra prejuízo
Segundo informado, o EBIT (medida de lucro) cresceu 58% para 1,525 bilhão euros graças especialmente às vendas da América do Norte, que liderou o crescimento, e à região que engloba Europa, Oriente Médio e África. Por conta da desaceleração da China, a divisão Ásia-Pacífico alcançou ganhos menores, mas conseguiu fecha no azul. Por outro lado, a denominada região LATAM (que inclui as Américas Central e do Sul), contabilizou resultados negativos devido à retração de mercados como o Brasil e amortização de investimentos como a fábrica de Goiana (PE).
FCA comemora lucro global recorde, mas América do Sul registra prejuízo
Entre todas as marcas do conglomerado, a Jeep foi de longe a que mais se expandiu. O crescimento global da marca foi de aproximadamente 27%, graças especialmente à linha renovado e à chegada a novos mercados.

Seja parte de algo grande

FCA comemora lucro global recorde, mas América do Sul registra prejuízo

Foto de: Dyogo Fagundes