Balde de água fria: Onix não terá picape nem motor 3-cilindros

Depois que a General Motors anunciou um investimento de R$ 6,5 bilhões nos próximos anos para desenvolver uma família de carros compactos no Brasil, muito se especulou sobre novidades para a atual linha, em especial para a gama Onix. Se você estava esperando novos motores para o compacto, no entanto, pode esperar sentado. Esta geração de Onix e Prisma não terá motor 1.0 de 3-cilindros. Este motor até existe no Brasil e já foi montado no modelo para testes, mas sua adaptação no cofre do Onix, além de um investimento alto, significaria perda de energia. A explicação é que a plataforma GSV não foi projetada para usar um motor menor que o atual 1.0 4-cilindros, e por isso, o novo propulsor acabaria por desperdiçar seu potencial. Assim, somente a próxima geração que será construída sobre uma inédita plataforma terá o novo propulsor.
Balde de água fria: Onix não terá picape nem motor 3-cilindros
Sobre a picape pequena, a Montana segue sendo produzida sobre a velha plataforma do Classic até a sua próxima geração, pulando uma possível versão picape do atual Onix. Segundo nossa fonte ligada à GM, a "nova Montana" só virá junto com a nova fornada de modelos compactos construídos sobre a inédita plataforma. Ou seja, os substitutos de Onix, Prisma, Cobalt, Spin e enfim a picape, além de um SUV compacto para o lugar do Tracker.
Balde de água fria: Onix não terá picape nem motor 3-cilindros
Antes da crise, a promessa era de que estes novos modelos chegariam entre o fim de 2017 e início de 2018. No entanto, Dan Ammann, presidente da GM, disse durante a coletiva de anúncio dos novos investimentos que a nova linha de compactos começará a ser vendida somente a partir de 2019.

Seja parte de algo grande

Balde de água fria: Onix não terá picape nem motor 3-cilindros

Foto de: Fábio Trindade