Otimista, GM do Brasil projeta crescimento de 12% para 2017

Otimista, GM do Brasil projeta crescimento de 12% para 2017
Para o presidente da General Motors América do Sul, Barry Engle, o pior da crise brasileira já passou. Durante palestra no congresso da Fenabrave, realizado nesta semana em São Paulo, o executivo disse acreditar num "mercado de 2,15 milhões de unidades em 2016 e de 2,4 milhões em 2017, o que representará um crescimento de 12%". Marca líder de vendas atualmente no Brasil, a GM enxerga o mercado com mais otimismo que a Anfavea, cuja previsão para este ano se mantém em 2,08 milhões de veículos. Para Engle, as vendas vêm subindo mês a mês e a expectativa é que a recuperação se dê de forma lenta, mas gradual. "Na GM estamos vislumbrando um mercado de 3,4 milhões de unidades daqui cinco anos e de 4,2 milhões em 10 anos", isso considerando a volatilidade do mercado brasileiro e fazendo planejamentos mais racionais. Apesar de apostar no futuro, o executivo reconheceu que a indústria brasileira superestimou o mercado num momento de vendas aquecidas, resultando agora em ociosidade nas fábricas e nas concessionárias. De acordo com a Anfavea, o setor automotivo está trabalhando com apenas 55% de sua capacidade atualmente. Fonte: Auto Data Fotos: Arquivo CARPLACE

Seja parte de algo grande