Salão de Detroit: impressionante, Lexus LC 500 nem parece versão de produção

À primeira vista parece um típico protótipo de salão com pegada futurista, mas este belo cupê nada mais é do que a versão de produção (sim, de produção!) do conceito LF-FC, apresentado pela Lexus há alguns anos. Estrela da marca no Salão de Detroit, o LC 500 chegará ao mercado nos próximos meses como uma das principais opções de topo da companhia. Sob o capô, marca presença um motor 5.0 V8 com potência de 473 cavalos ligado sempre ao novo câmbio automático de 10 marchas.
Salão de Detroit: impressionante, Lexus LC 500 nem parece versão de produção
Descrito como "uma forte indicação do futuro programado para os próximos Lexus", o LC 500 levou quatro anos para ser desenvolvido. Trata-se do primeiro carro da marca a estrear a nova arquitetura de tração traseira GA-L, destinada especialmente para os modelos premium do grupo Toyota. A base foi desenvolvida para garantir o máximo de afinidade entre motorista e veículo, e neste ponto a empresa garante que o cupê é um dos mais avançados do mercado.
Salão de Detroit: impressionante, Lexus LC 500 nem parece versão de produção
Debaixo do capô, o motor 5.0 V8 de 32 válvulas aspirado desenvolve 473 cavalos e 53,8 kgfm de torque máximo. O câmbio de 10 velocidades envia toda a força para as rodas traseiras e garante aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos. Há ainda uma versão híbrida, a LC 500h, que usa um motor 3.5 V6 ligado a um bloco elétrico e promete potência superior a 470 cv. Galeria Lexus LC 500: 

Seja parte de algo grande

Salão de Detroit: impressionante, Lexus LC 500 nem parece versão de produção

Foto de: Dyogo Fagundes