Mercedes oferece R$ 100 mil para quem pedir demissão em São Bernardo

A Mercedes-Benz voltou atrás na decisão de demitir quase 2 mil funcionários na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) e fechou acordo com o sindical local dos metalúrgicos. Com base na proposta firmada, foi lançado um programa de demissão voluntária (PDV) no qual a companhia oferece indenização no valor de R$ 100 mil para quem pedir desligamento entre os dias 24 e 31 deste mês, sem distinção entre o tempo de empresa ou a idade. A meta da marca é reduzir o quadro de funcionários em 1.400 pessoas. Se atingido o objetivo, a Mercedes pagará nada menos que R$ 140 milhões em indenizações, além das demais verbas rescisórias. Para os trabalhadores que ficarem, será garantida estabilidade até o fim de 2017, incluindo períodos de layoff. A fábrica da gigante alemã no ABC produz caminhões e ônibus. Fotos: Divulgação

Seja parte de algo grande