Toyota, Honda e Nissan paralisam produção no Japão após terremotos

Terremotos de grandes proporções registrados nesta semana no Japão obrigaram diversas montadoras a paralisar suas operações no país. Com 6,4 e 7,3 graus na escala Richter, os tremores atingiram a região sudoeste da ilha de Kyushu causando sérios danos de infra-estrutura e pelo menos 42 mortes. Nas fábricas os danos às instalações foram consideráveis e marcas como Toyota, Honda e Nissan suspenderam a produção para avaliar a dimensão dos estragos.
Toyota, Honda e Nissan paralisam produção no Japão após terremotos
A Toyota, por exemplo, só deve retomar as operações na semana que vem e confirmou que deve enfrentar problemas especialmente com a produção de componentes por fornecedores. A Honda deve suspender a produção de motocicletas até o próximo dia 22, enquanto na Nissan a paralisação afeta especialmente a montagem dos modelos Serena, Teana, Note e Murano. Até mesmo a Sony também parou para avaliar danos em uma fábrica de sensores de imagem.

Seja parte de algo grande

Toyota, Honda e Nissan paralisam produção no Japão após terremotos

Foto de: Dyogo Fagundes