Salão de Pequim: Renegade "made in China" tem motor 1.4 turbo e câmbio DCT

Estas são as primeiras unidades do Renegade produzido na China. A Jeep aproveitou o Salão do Automóvel de Pequim para lançar o modelo produzido localmente em parceria com a  GCA (Guangzhou Automobile Group). Além das versões convencionais, a marca também mostrou o Renegade Warcraft, uma versão personalizada criada para atrair a atenção do público jovem e já disponível para venda. Visualmente, o modelo é idêntico ao vendido aqui, mas as coisas por lá ficam melhores quando se levanta o capô. Antes de entrar na questão mecânica, vale destacar que o Renegade chinês é idêntico ao que temos aqui. O visual externo permanece inalterado, o padrão de construção aparente não destoa em nada das unidades pernambucanas, mantendo os ótimos encaixes e espaços (gaps) mínimos e uniformes por toda a carroceria. Por dentro também segue a mesma qualidade nos materiais e acabamento em geral.
Salão de Pequim: Renegade "made in China" tem motor 1.4 turbo e câmbio DCT
O Jeep Renegade Warcraft se diferencia pela pintura bicolor no capô e parcial a partir da coluna C. A unidade mostrada no salão chinês combinava pintura branca com azul marinho. A lateral também carrega adesivo com a identificação da edição especial. Para completar, barras no teto acomodam um prancha de surf para reforçar o apelo jovem. No entanto, para o mercado chinês a FCA escolheu o eficiente motor 1.4 T-Jet. A configuração local deste propulsor entrega bons 150 cavalos de potência e torque de 23,45 kgfm e é associado a um câmbio de sete marchas automatizado de dupla embreagem, ainda exclusivo para a China. No evento chinês, a marca destaca que este conjunto oferece pouco mais de 10 cv em relação ao motor 1.8 aspirado e alardeava o ganho de expressivos 47% no torque enquanto a transmissão é 33% mais rápida que a automática de seis marchas.
Salão de Pequim: Renegade "made in China" tem motor 1.4 turbo e câmbio DCT
O Renegade chinês é produzido na fábrica está localizada dentro da base de produção de veículos de passeio do Grupo GAC no distrito de Panyu, Guangzhou. Nesta semana, a FCA confirmou a unidade recebeu investimento total superior a US$ 1 bilhão e terá capacidade de produção de 160.000 veículos por ano. Texto e fotos: Fábio Trindade, de Pequim - China Viagem à convite da Lifan Motors do Brasil

Fotos: Jeep Renegade chinês

Seja parte de algo grande