VW Golf GTI ganha edição mais potente da história, com 310 cv

A Volkswagen enfim lançou o Golf GTI Clubsport S. Versão comercial mais potente em 40 anos de história do hatchback, a edição limitada a 400 unidades (100 destinadas a Alemanha e 150 ao Reino Unido) tem 310 cv de potência, modificações aerodinâmicas e visual mais esportivo.
VW Golf GTI ganha edição mais potente da história, com 310 cv
O principal destaque deste GTI mais nervoso é uma variação do motor 2.0 TSi que entrega 310 cv (90 cv a mais em relação ao GTI "normal") e 35,7 kgfm de torque máximo. De acordo com a Volkswagen, o GTI Clubsport S acelera de 0 a 100 km/h em apenas 5,8 segundos e alcança velocidade máxima de 265 km/h. Sempre na configuração duas portas, o Clubsport S possui rodas de liga leve aro 19", câmbio manual de seis marchas e bancos em Alcantara. Os para-choques, defletores e aerofólio foram modificados. Os bancos traseiros foram removidos para ajudar na redução de peso, que foi a 1.280 kg.
VW Golf GTI ganha edição mais potente da história, com 310 cv
Em termos de dinâmica, destaque para o sistema Dynamic Chassis Control, que configura os perfis de suspensão e direção. Também há novos amortecedores, bloqueio de diferencial dianteiro, novas saídas de escape, entre outras modificações para deixar o carro "na mão". Veja também: novo Golf GTI nacional anda mais que o importado! Outra proeza do Golf GTI Clubsport S foi completar a volta no Nordschleife em apenas 7:49:21. Isto o torna o carro mais rápido com tração dianteira no circuito alemão, desbancando Honda Civic Type R (7:50.63), BMW M4 (7:52.42) e o Dodge Challenger SRT Hellcat de 717 cv (7:51.51). Fotos: VW Golf GTI ClubSport

Seja parte de algo grande