Honda começa a produzir nova geração da picape Ridgeline

A Honda inicia nos Estados Unidos a produção em série da nova geração da picape Ridgeline. Apresentada na edição deste ano do Salão de Detroit, a camionete compartilha diversos componentes com o SUV Pilot e passa a dividir as instalações da fábrica do Alabama também com outros dois modelos: a minivan Odyssey e o crossover MDX, da divisão de luxo Acura. A planta emprega aproximadamente 4.500 funcionários e tem capacidade para produzir anualmente 340 mil veículos.
Honda começa a produzir nova geração da picape Ridgeline
Com visual mais tradicional que na primeira geração, a Ridgeline 2017 traz diferenciais como carroceria monobloco, assoalho plano, caçamba com diversos compartimentos embutidos e até mesmo um sistema de som integrado. Sob o capô a única opção de motor é um bloco 3.5 V6 a gasolina que promete consumo médio de 9,3 km/l, sendo sempre ligado a um câmbio automático de seis marchas. A tração pode ser dianteira ou integral AWD.
Honda começa a produzir nova geração da picape Ridgeline
Cotada para o Brasil Apesar de descartada na geração passada, a Ridgeline vem sendo bastante especulada para o Brasil nesta nova linhagem. Completamente repaginada e com visual mais tradicional, toma como base a plataforma do SUV Pilot e traz trunfos como dirigibilidade próxima de carros de passeio e até um sistema de som integrado à caçamba. Seria uma rival de peso para a Toro, apesar de ligeiramente maior e, por consequência, mais cara.
Honda começa a produzir nova geração da picape Ridgeline
Leia também: Honda Ridgeline mantém monobloco, mas estreia visual “normal”

Seja parte de algo grande