Suzuki também admite irregularidades em testes de consumo

O escândalo de fraude nos índices de consumo de combustível na indústria japonesa acaba de ganhar mais um capítulo. Depois da Mitsubishi, a Suzuki é a mais nova fabricante nipônica a admitir irregularidades nos testes de economia de seus carros.
Suzuki também admite irregularidades em testes de consumo
Funcionários da própria marca vieram a público assumir a má conduta da empresa e ficou confirmada ainda para esta semana uma audiência do presidente Osamu Suzuki com autoridades japonesas. O fraude afeta cerca de 16 diferentes modelos (total de 2,1 milhões de unidades) e, segundo a Suzuki, todos foram vendidos unicamente no mercado japonês. A marca diz ainda que apesar dos testes não terem sido realizados conforme determina a legislação do país, os mesmos não foram necessariamente manipulados.
Suzuki também admite irregularidades em testes de consumo
Os dados coletados agora diferem dos anteriormente informados pelo fato de as provas inicias terem sido realizados em "uma colina próxima do mar, com condições meteorológicas - o vento em particular - que afetam as medições", explica. Mais detalhes em breve. Fotos: divulgação/Carplace 

Seja parte de algo grande

Suzuki também admite irregularidades em testes de consumo

Foto de: Dyogo Fagundes