Chinesa GAC pode comprar controle majoritário da FCA, diz jornal

Especulada há pelo menos um ano e meio, a tão falada "super negociação" idealizada por Sergio Marchionne para a FCA poderá surgir de um parceiro chinês, e não norte-americano ou europeu como se imaginava. Conforme adianta o jornal italiano il Giornale, a fabricante GAC (Guangzhou Automobile Group) vem sendo apontada como possível compradora de uma participação majoritária na FCA. Ambas já são aliadas na China, onde produzem localmente os Jeep Cherokee e Renegade.
Chinesa GAC pode comprar controle majoritário da FCA, diz jornal
Funcionários da própria GAC confirmaram que dirigentes de ambas as marcas vêm conversando há algum tempo, e que tanto Marchionne quanto John Elkann participam das negociações. Elkann, inclusive, é também representante da família Agnelli e do braço de investimentos Exor, que detém amplo direito de voto na FCA. Até o momento, porém, nenhuma das empresas confirma as informações do periódico italiano.
Chinesa GAC pode comprar controle majoritário da FCA, diz jornal
Mesmo que o negócio não se concretize, as marcas debatem o fechamento de outros acordos. Entre eles, a produção na China dos sedãs Chrysler 200 e Dodge Dart, que têm sofrido com as baixas vendas na América do Norte por conta, especialmente, do avanço dos SUVs.

Seja parte de algo grande