Peugeot-Citroën: governo francês estuda vender participação de 14%

O governo da França avalia se desfazer dos 14% de participação que detém na PSA Peugeot Citroën, informa nesta semana o portal Les Echos. Segundo a publicação, o Ministério de Finanças país está fazendo um levantamento sobre os investimentos estatais e os papéis da mondadora estão entre os mais cotados para ir à venda. Embora não haja confirmação oficial, o objetivo é injetar o capital arrecadado com a negociação na empresa estatal de energia EDF e na Areva (energia nuclear), ambas em dificuldades financeiras.
Peugeot-Citroën: governo francês estuda vender participação de 14%
Ainda segundo o portal (que cita um funcionário do governo como fonte) a razão para escolha dos papéis da PSA está no fato de que a aquisição foi recente e, especialmente, por conta dos fortes ganhos registrados nos últimos meses. Não custa lembrar, a empresa saiu de um prejuízo de 8 bilhões de euros no período 2012-2014 para um lucro de 1,2 bilhão de euros no ano passado, com consequente valorização das ações e boa avaliação do mercado financeiro.

Seja parte de algo grande