Fábrica da Volkswagen em São Carlos chega a 10 milhões de motores em 20 anos

É muito motor. A fábrica da Volkswagen em São Carlos, interior de São Paulo, atingiu nesta terça-feira (11/10) o marco histórico com a produção do motor de número 10 milhões. O propulsor que simboliza este número é o 1.0 TSI EA211 tricilíndrico turbo que equipa o recém-lançado Golf TSI 125 cv. E não é só isso. Amanhã, 12, a unidade industrial comemora 20 anos de atividades. Inaugurada no dia 12 de outubro de 1996, iniciou a produção de motores com o propulsor EA111 1.0l, que equiparia a segunda geração do Gol. Com mais de R$ 1 bilhão de investimentos desde então, a fábrica duplicou seu tamanho em área construída, recebeu mais de R$ 1 bilhão em investimentos e passou a produzir os motores mais tecnológicos e eficientes da família EA211.
Fábrica da Volkswagen em São Carlos chega a 10 milhões de motores em 20 anos
Atualmente são feitos em São Caros os motores da família EA211 nas versões 1.0 MPI, 1.0 TSI, 1.4 TSI e 1.6 MSI, que equipam os modelos up!, cross up!, Fox, CrossFox, SpaceFox, Space Cross, Golf, Gol, Voyage, Saveiro e Saveiro Cross. Em São Carlos também é fabricado o veterano EA111 1.6, oferecido em versões do Gol, Fox, Voyage, SpaceFox e Saveiro. Para o mercado brasileiro, 100% dos produtos recebem a tecnologia bicombustível Total Flex. Para o mercado externo são produzidos motores a gasolina. “São Carlos tem recebido importantes aportes nos últimos anos, desde 2012 os investimentos totalizarão aproximadamente R$ 900 milhões até 2018, proporcionando uma intensa evolução em termos de qualidade e tecnologia na unidade. Com isso, a fábrica tem reforçado sua importância dentre as unidades de motores do Grupo Volkswagen e tem contribuído para o sucesso da consolidação da Volkswagen no mercado brasileiro”, disse David Powels, Presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América do Sul.
Fábrica da Volkswagen em São Carlos chega a 10 milhões de motores em 20 anos
Em sua história, a unidade ficou marcada como a primeira a produzir o motor 1.0l bicombustível do Brasil em 2003. No final de 2015, São Carlos foi selecionada dentre todas as operações da marca no mundo para exportar blocos de motores 1.0 da família EA211 para a produção de propulsores que equipam os modelos Polo e up! na Europa; em maio deste ano, a Volkswagen comemorou ainda o marco de 300 mil EA211 produzidos desde 2013. “Ao longo de sua trajetória, São Carlos passou por intensa evolução em termos de qualidade e tecnologia em seus processos produtivos, o que nos possibilitou a exportação temporária de blocos de motores para a Alemanha, bem como conquistar cada vez mais nossos clientes, com inovações como a motorização TSI”, disse Andreas Hemmann, gerente executivo da fábrica de São Carlos. Além da implementação constante de novas tecnologias, visando a eficiência produtiva e redução no consumo de recursos naturais, a fábrica passou por diversas etapas de ampliação desde 1996, aumentando sua área em mais de 200% até chegar aos atuais 87 mil m² de área construída.
Fábrica da Volkswagen em São Carlos chega a 10 milhões de motores em 20 anos
Com três prédios produtivos – EA111, EA211 e Usinagem e Montagem de Cabeçotes –, conta com três linhas de montagem de motores, quatro linhas de usinagem de blocos, uma linha de usinagem de virabrequim, duas de usinagem de cabeçotes e três de montagem de cabeçotes. Imagens: Divulgação

Seja parte de algo grande