Nova Yamaha YZF-R6 2017 ganha componentes da R1 e pacote eletrônico

A Yamaha revelou a nova geração da esportiva YZF-R6, adicionando novos mapas de motor, controle de tração, freios ABS e suspensão dianteira derivadas da aclamada YZF-R1. Uma das mais famosas 600 cc das pistas, a R6 também estreia visual mais agressivo, tanque de combustível em alumínio (mais leve) e iluminação full LED. O motor de 599 cc e quatro cilindros em linha não foi alterado, mantendo as 16 válvulas e a taxa de compressão de 13,1:1. Mas o sistema de controle do propulsor agora trabalha com três mapas de injeção selecionáveis pelo piloto. Já o novo controle de tração tem seis níveis de intervenção (além de pode ser desligado). A Yamaha ainda não divulgou valores de potência e torque, mas adiantou que o peso em ordem de marcha ficou em 190 kg - 2 kg extras em relação à versão anterior, mas agora o ABS é de série.
Nova Yamaha YZF-R6 2017 ganha componentes da R1 e pacote eletrônico
A transmissão de seis marchas ganhou a companhia de uma embreagem deslizante. E, para os modelos vendidos na Europa, haverá um sistema quick-shifter que permite subir as marchas sem uso da manete de embreagem - recurso que será ofertado como acessório nos EUA. O assento manteve a altura da versão antiga, mas, aliado ao novo formato do tanque, a Yamaha diz que a posição de comando ficou mais confortável para passeios e melhor de transferir o peso do corpo durante uma tocada agressiva em pista.  O chassi é feito em alumínio e acopla um sub-chassi de magnésio, para reduzir o peso total e melhorar a centralização de massas. Já a suspensão traz garfos Kayaba ajustáveis de 43 mm vindos da R1, mas com acerto específico para a R6. A Kayaba também entrega a suspensão monoamortecida da traseira, com ajustes de pré-carga e retorno. Os freios também são derivados da R1, com discos duplos de 320 mm na dianteira. 
Nova Yamaha YZF-R6 2017 ganha componentes da R1 e pacote eletrônico
Por fim, a Yamaha redesenhou as carenagens da R6 de forma a melhorar a aparência e a aerodinâmica, resultando numa ganho de 8% no arrasto do ar. Os faróis de LED e a tomada de ar frontal lembram a M1 que corre na Moto GP. As lanternas e também os picas, posicionados nos retrovisores, são todos iluminados por LEDs. A nova R6 será fabricada nas cores azul e branca com cinza, com vendas começando nos EUA em março de 2017. Por aqui, quem sabe pode ser uma das atrações da marca no Salão Duas Rodas do próximo ano? Fotos: Divulgação

Seja parte de algo grande