Grupo Piaggio anuncia venda oficial e até produção da Vespa no Brasil

O Grupo Piaggio, o único grande fabricante motocicletas que faltava no mercado brasileiro, anuncia sua chegada ao País com duas de suas principais marcas mundiais: Vespa e Piaggio. A perspectiva da empresa é atingir market share acima de 10% do setor de duas rodas nos próximos cinco anos. O objetivo é que o Brasil se torne um dos quatro maiores negócios globais da montadora. A operação começa a ser estruturada no segundo semestre de 2016, por meio da Asset Beclley Investments Management, representante oficial da Piaggio no Brasil, para nomear concessionários, fabricar e distribuir as scooters. As motocicletas serão importadas num primeiro momento, mas depois a ideia é montá-las no país.
Grupo Piaggio anuncia venda oficial e até produção da Vespa no Brasil
O executivo Santo Magliacane, sócio da Asset Beclley, diz que a empresa quer aproveitar o potencial do setor de scooters como estratégia para ingressar no mercado nacional. Em 2009, o segmento de scooters e motonetas representava 18% do total de motocicletas. No ano passado, alcançou 30% de share, com mais de 300 mil unidades vendidas.
Grupo Piaggio anuncia venda oficial e até produção da Vespa no Brasil
Além de abastecer o mercado nacional, o Grupo promete que a plataforma industrial brasileira poderá realizar a distribuição das motos para todo o Mercosul. A empresa espera repetir na região o sucesso de público que possui no mundo. Em 2015, as vendas líquidas do Grupo totalizaram 1,295 bilhão de euros, crescimento de 6,8% em comparação ao ano anterior. Com isso, confirmou sua liderança no mercado europeu de duas rodas, com market share de 15,2% de todo o segmento e de 24,1% do setor de scooters.

Seja parte de algo grande