Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Passado um primeiro semestre tenebroso nas vedas, com queda de 25% em relação ao mesmo período de 2015, a expectativa é de um segundo semestre menos traumático para o mercado brasileiro de veículos. Em junho os emplacamentos finalmente pararam de cair, e os primeiros dias de julho vêm apontando ligeiro crescimento, mostrando que possivelmente o pior já passou. Apesar do momento ainda incerto, os lançamentos continuarão em alta na segunda metade de 2016, especialmente por conta do Salão do Automóvel em novembro, que promete ser um dos melhores já feitos - com casa nova, ar-condicionado e prédio-garagem. Para não perder o pique e ajudar você, leitor que deseja trocar de carro, a se programar, fizemos uma lista com as principais novidades que chegarão às lojas nos próximos seis meses. E até quem ficou para 2017! Confira:

Honda Civic

A Honda marcou para dia 20 de julho a primeira mostra do Civic de nova geração para a imprensa, onde serão detalhadas as versões e preços. As avaliações, porém, só serão feitas no decorrer de agosto, por conta de estratégia da marca.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Novo da plataforma ao design, o Civic será maior e mais espaçoso. O estilo terá a nova dianteira típica da marca, com a grade cromada se estendendo sobre os faróis como uma sobrancelha, e uma traseira com caída mais suave, quase como um fastback. O interior melhora em refinamento e qualidade dos materiais, trazendo um console central elevado como no HR-V, mas pede o diferencial do painel em dois andares.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Haverá três versões, sendo a topo de linha com posicionamento específico. A inédita Touring virá com motor 1.5 turbo a gasolina e equipamentos exclusivos, para fazer frente ao Audi A3 Sedan na faixa dos R$ 120 mil. Já as conhecidas LXR e EXR manterão o motor 2.0 atual, mas agora com câmbio automático CVT para baixar o consumo. A versão de entrada LXS 1.8 será retirada de linha, fato que deverá fazer com que a nova linha Civic tenha preço inicial ao redor dos R$ 90 mil.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Nissan Kicks

Nos dias 18 e 19 de julho ocorre o lançamento do Kicks à imprensa, com chegada às lojas a partir do dia 5 de agosto. Para cumprir a missão de oferecer seu crossover compacto no mercado brasileiro antes de qualquer lugar do mundo, o Kicks virá inicialmente importado do México, num lote especial feito para cá. Os preços serão de R$ 89 mil na versão SL e de R$ 93 mil na SL Rio 2016, com diferenciais alusivos aos Jogos Olímpicos.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Para justificar o preço alto, na faixa do Honda HR-V, a Nissan recheou bastante o Kicks, trazendo itens como painel parcialmente digital, painel revestido de couro, ar digital de duas zonas, central multimídia com tela touch de 7" e espelhamento de celular e até uma câmera 360 graus para auxílio em manobras. Único opcional será o teto colorido, na Série Rio 2016, por R$ 2.500 extras. Versões mais baratas, S e SV, só virão quando o Kicks for produzido em Resende (RJ), no primeiro semestre de 2017.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Por enquanto, todo Kicks será equipado com motor 1.6 flex de 114 cv acoplado ao câmbio automático CVT, basicamente o mesmo conjunto que acabou de estrear na dupla March/Versa, da qual o crossover também pega emprestada a plataforma. O HR-V será o principal rival, mas também brigará contra Renegade, EcoSport, 2008 e Duster futuramente.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Renault Kwid

Substituto do velho Clio como modelo de entrada da Renault, o compacto Kwid virá com uma aposta diferenciada. Por conta do estilo robusto e da altura livre do solo elevada, a ideia da marca francesa é posicioná-lo como um mini-SUV, aproveitando para se diferenciar de rivais como Fiat Mobi e VW up!, que possuem versões "normais" e aventureiras.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Derivado do projeto original indiano, o Kwid brasileiro terá uma série de diferenças no projeto, a começar pela estrutura com aços mais resistentes para melhorar a segurança do hatch em impactos - o carro Made in India levou nota zero no crash-test do Global NCAP. Para reforçar a segurança, o Kwid brasileiro também será o primeiro "popular" a vir com airbags laterais de série, além de novos bancos e retrovisores. Painel e desenho de rodas serão exclusivos, mas economias como cubos de roda com apenas três parafusos e limpador de para-brisa de haste única serão mantidos.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Todo Kwid será equipado com o novo motor 1.0 3-cilindros Renault, desenvolvido a partir do propulsor de mesma configuração da parceira Nissan, que equipa March e Versa. Câmbio automatizado e um motor 0.8 são estudados para aplicação futura. Preço inicial deverá ficar na faixa dos R$ 35 mil.

Jeep Compass (551)

Conhecido internamente como projeto 551, o próximo SUV da Jeep vai substituir de uma só vez o Compass e o Patriot. No Brasil, onde será mostrado no Salão do Automóvel pela primeira vez no mundo, o modelo vai se situar entre o Renegade e o Cherokee, com preços estimados entre R$ 100 mil e R$ 150 mil.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
As versões de entrada terão o inédito motor 2.0 Tigershark flex, com cerca de 160 cv, e câmbio automático de seis marchas com tração dianteira. Nas mais caras, virá com o mesmo 2.0 Multijet turbodiesel do Renegade, com 170 cv e acoplado à transmissão de nove marchas com a primeira reduzida e tração 4x4 eletrônica.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
A base será mista do Renegade com a Toro, o que dará ao novo Compass um porte semelhante ao da picape da Fiat, com maior espaço interno e porta-malas que o Renagade, visando um público mais familiar. Em termos visuais, o 551 terá a dianteira semelhante à do Grand Cherokee e linha das janelas parecidas com a da Toro.

Hyundai ix25

Depois de desconversar bastante, a Hyundai vai finalmente apresentar o ix25 no Brasil durante o Salão do Automóvel, em novembro, com vendas em seguida. O modelo usará a base do HB20, incluindo o motor 1.6 flex de 128 cv e os câmbios de seis marchas (manual e automático), somente com tração dianteira.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Com pegada urbana, o ix25 terá como principais rivais o HR-V e o Kicks, também apostando em equipamentos que o diferenciem do HB20, como controle de estabilidade e assistente de partida em rampa. Em relação ao hatch, o SUV é 37 cm mais comprido (4,27 metros), 10 cm mais largo (1,78 m) e 16 cm mais alto (1,63 m), com 9 cm extras na distância entre-eixos.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Como esperado, o espaço interno é maior especialmente no banco traseiro – e seus ocupantes ainda contam uma saída de ventilação exclusiva. O porta-malas é bom, de 400 litros (100 l a mais que o HB).
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
O ix25 virá com direção elétrica (como no aventureiro HB20X) e, pelo que vimos nas avaliações feitas no exterior, promete o melhor acerto entre conforto e estabilidade dos Hyundai compactos. Os preços deverão começar na faixa dos R$ 75 mil.

Ford Fusion

Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Renovado no Salão de Detroit, o Fusion será apresentado no Salão de SP como lançamento. Além da dianteira reestilizada, com faróis mais delgados, o sedã estreia também um novo interior, com direito a manopla giratória para a transmissão (como nos Land Rover). Sob o capô, a versão Titanium 2.0 Ecoboost virá com 248 cv (14 cv extras), sendo mantidas as opções de entrada (2.5 flex) e a híbrida topo de linha.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
A lista de equipamentos incluirá freios regenerativos, alerta de colisão, sistema de estacionamento automático, controlador de velocidade adaptativo, sistema de monitoramento de ponto cego, sensores de obstáculos na frente e atrás e teto solar, entre outros itens. Na traseira, o Fusion 2017 poderá ser identificado pelo friso cromado que atravessa a tampa do porta-malas e une as lanternas.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Honda WR-V

Aproveitando a boa acolhida do HR-V, a Honda se decidiu por mais um modelo "estilo SUV" para o mercado brasileiro. Para tanto, está trabalhando mais a fundo no substituto do Fit Twist, que não será somente um Fit com acessórios "off-road".
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Partindo da base do Fit, o WR-V terá dianteira e traseira exclusivas, além de altura livre do solo elevada e rodas e pneus específicos. O motor será o conhecido 1.5 flex de 116 cv, acompanhando do câmbio manual de cinco marchas ou automático CVT. A estreia deverá ocorrer no Salão.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Fiat Uno

Meio deixado de lado com a estreia do Mobi, o hatch vai ganhar novo coração no fim do ano: o Uno será o responsável por inaugurar os motores da família GSE, sendo um 1.0 3-cilindros e um 1.4 4-cilindros. Fala-se internamento que ambos terão construção simples, com apenas 2 válvulas por cilindros, para dar ênfase ao torque em baixas rotações. Potência estimada é de 80 cv para o 1 litro e pouco mais de 100 cv para o 1.4 litro.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Junto com os novos propulsores, o Uno terá uma nova grade dianteira (abandonando os três quadradinhos) e adotará direção elétrica em conjunto com o sistema de controle de estabilidade (ESP). Também está previsto o recurso start-stop, que desliga o motor em paradas curtas, para reduzir o consumo urbano.

Chevrolet Cruze Hatch

Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Apresentado no Salão de Detroit como conceito em janeiro, o Cruze hatch será exibido como lançamento no Salão de São Paulo, em novembro. Terá as mesmas apostas do sedã, como o motor 1.4 turbo e uma série de novos equipamentos, mas a GM estuda dar um temperamento mais esportivo ao hatch, com suspensão mais firme e direção com maior peso.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
A ideia é distingui-los mais nesta nova geração, posicionando o hatch para um público mais jovem e esportivo. Mas os preços deverão ser semelhantes aos do sedã, começando na faixa dos R$ 90 mil.

Chevrolet Onix/Prisma

Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
A dupla de compactos mais vendida do país (Onix entre os hatches e Prisma entre os sedãs) vai chegar à linha 2017 mais eficiente. Os motores 1.0 e 1.4 serão mantidos, mas haverá ganhos como redução de peso e adoção da direção elétrica no lugar do sistema hidráulico.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Fora isso, ambos receberão a dianteira com a nova identidade visual da Chevrolet, com a grade mais fina como no Cruze. Atrás, o Prisma terá nova tampa do porta-malas e lanternas, enquanto o Onix trará apenas lanternas com novo arranjo de luzes. Entre os equipamentos, as novidades ficarão por conta da central MyLink de segunda geração e do sistema de monitoramento e concierge OnStar. A estreia será no fim de julho, com chegada às lojas em agosto. E será mantida uma versão atual como modelo de entrada do Onix.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Renault Sandero/Logan

Em agosto, os compactos da Renault vão trocar de coração. No lugar do atual 1.0 4-cilindros, receberão um inédito 1.0 -3 cilindros da Renault, desenvolvido a partir do 1.0 usado pela parceira Nissan em March e Versa. Já o 1.6 8V atual dará lugar ao 1.6 16V da Nissan, o mesmo de March e Versa. Também deverá ser adotada direção elétrica nos modelos, para redução de consumo. Fica a dúvida se Sandero e Logan vão receber também o câmbio automático CVT no lugar do Easy-R automatizado de embreagem única.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Hyundai Tucson

A Hyundai vai conseguir a proeza de oferecer três gerações do mesmo carro no mercado brasileiro. Estamos falando do Tucson, que hoje é vendido no modelo dos anos 2000 (Tucson), dos anos 2010 (ix35) e no fim do ano ganharão companhia da novíssima geração, que virá como New Tucson. Irmão de projeto do novo Kia Sportage, trará melhoria considerável na qualidade de construção e materiais de acabamento, mas deverá se diferenciar mesmo é sob o capô: para não manter o 2.0 flex do ix35, é provável que o New Tucson venha com o novo motor 1.6 turbo do Grupo Hyundai-Kia, mirando Mercedes GLA e Audi Q3. Preço deverá ficar na faixa dos R$ 140 mil.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Ficaram para 2017...

Ford EcoSport

O jipinho reestilizado está confirmado como atração da Ford no Salão, em novembro, mas sua chegada às lojas ficou para 2017, possivelmente como linha 2018. Além da dianteira atualizada, com traços de Edge, o Eco vai evoluir na parte interna com uso de materiais mais nobres no acabamento e um painel de instrumentos mais refinado. Sob o capô, fará a estreia do motor  1.5 3-cilindros da família Dragon, em substituição ao 1.6 atual com vantagens principalmente em consumo de combustível. O estepe continuará do lado de fora, na tampa traseira.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre

Renault Kaptur

Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Versão anabolizada do Captur europeu, o Kaptur será o novo modelo topo de linha da Renault no Brasil. Com pré-estreia no Salão e vendas no primeiro trimestre de 2017, será uma opção mais requintada ao Duster. Aproveitando muito das linhas do irmão menor europeu, o Kaptur se destaca pelo porte, uma vez que é feito sobre a plataforma do Duster - o Captur europeu nasce sobre a base do Clio.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Assim, o modelo poderá ter as mesmas versões 2.0 4x2 e 2.0 4x4 do Duster, sendo que o Kaptur vai usar um câmbio automático tipo CVT herdado do Fluence. Também do Fluence virá a inspiração para o acabamento, que terá painel de espuma injetada (macio ao toque) e quadro de instrumentos com velocímetro digital. Não deverá custar menos R$ 85 mil.
Especial: confira os principais lançamentos automotivos para o segundo semestre
Fotos: Divulgação e Arquivo CARPLACE

Seja parte de algo grande