Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade

Campeão de vendas durante quase três décadas, o Gol teve muito de sua imagem ligada à versão duas portas. Se os rivais mais novos já nasceram com quatro portas (novo Ka, Onix e HB20), o compacto da Volkswagen voltou a ter esta configuração na geração atual, em 2013 (antes só estava disponível para o Gol Trend), e agora atualiza o visual acompanhando a reestilização da linha 2016.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade
Escassos até mesmo entre os modelos de entrada, os carros duas portas ainda encontram espaço na linha Volkswagen. É o caso do up! básico e também deste Gol Trendline, que ganhou retoque visual, novo painel e o econômico motor 1.0 3-cilindros na linha 2017. Leia também: Avaliação: VW Gol quer se reconectar ao consumidor com novo 1.0 e multimídia Teste CARPLACE: VW Gol 2017 tenta revanche contra o Hyundai HB20

O que é?

Durante a apresentação do modelo à imprensa, a Volkswagen destacou o 1.0 Trendline básico em boa parte para as empresas, mas sem deixar de lado o consumidor que está comprando o seu primeiro carro, ótica pela qual avaliamos o modelo.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade
O Gol Trendline traz de série direção hidráulica, vidros elétricos com função one-touch e temporizador (hoje em dia raro até em carros de segmentos superiores), além de banco do motorista com ajuste de altura, limpador/desembaçador do vidro traseiro e travas elétricas.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade
Na cabine, é basicamente o Gol que já conhecemos nas versões mais caras. A aparência geral é simples, mas mostra um mínimo de cuidado no acabamento, ainda mais se tratando de uma versão de entrada. Destaque para o novo painel com saídas de ar retangulares, painéis de porta com forração parcial em tecido, central multimídia (opcional) e o novo quadro de instrumentos, mais legível, mas  sem computador de bordo nesta versão - no display central aparece o hodômetro e alertas de chave na ignição e faróis acessos. No geral, a percepção de qualidade é um pouco melhor que num Onix ou Ka.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade

Como anda?

Antes da avaliação, a expectativa era de um comportamento semelhante ao modelo quatro portas, já testado na versão mais completa Comfortline. Todavia, logo de cara o duas portas se mostrou ligeiramente mais ágil no trânsito urbano, com saídas rápidas e boa disposição em subidas. O "Golzinho 2p" entrega desempenho convincente mesmo com o ar ligado, às vezes fazendo com que o motorista se esqueça que se trata de um carro "mil" - fato confirmado em nossas medições na pista.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade
Está no DNA do Gol a suspensão mais firme, não muito confortável na cidade, e a direção hidráulica um pouco pesada. Só que esse mesmo acerto garante uma tocada agradável na estrada, com pouca rolagem da carroceria e boa estabilidade em curvas. O conjunto mecânico formado pelo motor 1.0 tricilíndrico de até 82 cv e 10,4 kgfm associado ao ótimo câmbio manual de cinco marchas com engates curtos e precisos. É suficiente para acompanhar bem o tráfego.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade
A impressão de maior agilidade foi confirmada em nossos testes: o Gol básico acelerou de 0 a 100 km/h em 14,7 segundos, contra 15,7 segundos da versão quatro portas - o antigo propulsor 1.0 TEC 4-cilindros ficava na casa dos 17 segundos. Além disso, o compacto vai bem tanto em autopistas de 120 km/h quanto em rodovias sinuosas, com retomadas entre as melhores que já vimos para o um propulsor 1.0 aspirado. Durante os testes, cumpriu a prova de 40 a 100 km/h em 3a marcha em 13,6 s (14,7 s para o quatro portas), sendo que na retomada de 80 a 120 km/h em 4a marcha a diferença foi ainda maior: apenas 14,3 s, contra 17,8 segundos do irmão. Nas frenagens o Trendline também foi mais eficiente. Seja a 100, 80 ou 60 km/h, o modelo precisou de menos espaço para parar, sem contar o pedal bem dosado.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade
O desempenho é muito bom, mas, e o consumo? Durante o teste, percorremos 700 km com o modelo, sendo 80% na cidade e 20% estrada, com média de 12,7 km/l de gasolina. Sem surpresas, é um carro econômico, ainda mais considerando que boa parte do teste foi em trajetos curtos e com ar-condicionado ligado. Por se tratar da versão de entrada, outra boa surpresa foi o cuidado com o isolamento acústico. Seja na cidade explorando os giros mais altos ou na estrada a 120 km/h (com cerca de 3.950 rpm), o baixo nível de ruído surpreendeu para um carro com essa proposta.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade

Quanto custa?

Em relação aos principais rivais, o Gol sofre o peso da idade em alguns quesitos, como o espaço interno apenas razoável e a direção pesada e lenta. Outro ponto que não agrada a todos é a ergonomia, com a posição de dirigir mais baixa que nos principais oponentes e o ajuste de altura do banco que move o apenas o assento. Segunda opção mais em conta dentro da gama Volkswagen (perde por muito pouco para o take up! básico), o Gol 2p tem preço base de R$ 35.150, mas o modelo testado pelo CARPLACE tinha pintura metálica, ar condicionado e sistema multimídia, o que eleva o valor para R$ 39.334. Oferecida como opcional, a configuração quatro portas acrescenta R$ 1.850.
Teste Rápido: VW Gol 1.0 duas portas volta ao básico com dignidade
Em resumo, um facelift que deu uma refrescada no interior e um conjunto mecânico moderno deve garantir fôlego por algum tempo ao modelo que no passado foi campeão de vendas. Pelo que custa, o "Golzinho" vai além de ser o carro da empresa, sendo uma opção honesta para quem procura um primeiro carro e pode abrir mão das quatro portas. Texto e fotos: Julio Cesar

Ficha Técnica: VW Gol 1.0 Trendline 2 portas

Motor: dianteiro, transversal, três cilindros em linha, 12 válvulas, comando variável na admissão, 999 cm3, flex; Potência: 75/82 cv a 6.250 rpm; Torque: 9,7/10,4 kgfm a 3.000 rpm; Transmissão: câmbio manual de cinco marchas, tração dianteira; Direção: hidráulica; Suspensão: independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira; Freios: discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS; Rodas: aro 14″ com pneus 175/65 R14; Peso: 946 kg; Capacidades: porta-malas 285 litros, tanque 55 litros; Dimensões: comprimento 3.897 mm, largura 1.656 mm, altura 1.464 mm, entreeixos 2.466 mm Medições CARPLACE Aceleração 0 a 60 km/h: 5,8 s 0 a 80 km/h: 9,8 s 0 a 100 km/h: 14,7 s Retomada 40 a 100 km/h em 3a marcha: 13,6 s 80 a 120 km/h em 4a marcha: 14,3 s Frenagem 100 km/h a 0: 38,0 m 80 km/h a 0: 23,7 m 60 km/h a 0: 13,3 m Consumo  Médio: 12,7 km/l Galeria: Volkswagen Gol 1.0 Trendline 2 portas

Seja parte de algo grande