Sandero "turbina" participação recorde da Renault de 7,3% no 1º semestre

Num cenário de crise econômica e queda nas vendas, a Renault do Brasil teve um bom motivo para comemorar. Com 69.885 unidades comercializadas no primeiro semestre, a montadora francesa atingiu 7,35% de participação de mercado, a maior em toda a sua história no país. Somente em junho, quando emplacou 13.658 unidades, o market share chegou a 8,2%, 0,6 ponto percentual acima do registrado em 2015. De acordo com Bruno Hohmann, diretor de marketing da Renault, o resultado positivo foi impulsionado pela maior campanha de varejo realizada pela marca em 2016.
Sandero "turbina" participação recorde da Renault de 7,3% no 1º semestre
O grande destaque, sem dúvidas, foi Sandero. Com 6.013 unidades, o hatch atingiu pela primeira vez o pódio geral do mercado nacional. A versão Stepway, que respondeu por 1.140 unidades deste total, foi líder entre os chamados hatches aventureiros.
Sandero "turbina" participação recorde da Renault de 7,3% no 1º semestre
O mês também foi positivo para o veterano Clio. Mesmo às vésperas da aposentadoria – o sucessor será o Kwid, previsto para o início de 2017 -, o modelo conquistou a preferência de 1.333 consumidores, mais do que o dobro do registrado no mês anterior. Na linha de comerciais leves, o Master emplacou 615 unidades e superou os 50% de participação de mercado. Entre janeiro e junho, foram 3.304 unidades comercializadas, aproximadamente o dobro do Fiat Ducato (1.723), seu principal concorrente.
Sandero "turbina" participação recorde da Renault de 7,3% no 1º semestre
Fonte: Renault do Brasil

Seja parte de algo grande

Sandero "turbina" participação recorde da Renault de 7,3% no 1º semestre

Foto de: Thiago Parísio