Citroën, Peugeot e DS começam a divulgar o "consumo real" de seus carros

O Grupo PSA anuncia a divulgação do consumo real de 28 veículos das marcas Peugeot (14), Citroën (11) e DS (3) na Europa. O procedimento do teste foi estabelecido por duas organizações não-governamentais, a Transport & Environment (T&E) e a France Nature Environment (FNE), e será auditado pela Bureau Veritas para garantir a credibilidade dos valores publicados. A ideia é entregar aos clientes um dado de consumo mais próximo da realidade. O novo teste é feito ruas públicas abertas ao tráfego, com uma rota que inclui 25 km na cidade, 39 km em estradas vicinais e 31 km em autoestrada. O carro é equipado com sistema de medição portátil e roda com motorista e um passageiro, além de bagagem no porta-malas, mas sem usar o ar-condicionado.
Citroën, Peugeot e DS começam a divulgar o "consumo real" de seus carros
De acordo com o vice-presidente executivo da PSA, Gilles Le Borgne, o Grupo vai publicar os dados de consumo real de mais 20 veículos até o fim do ano, além de lançar um simulador para ensinar os clientes a reduzirem seu gasto de combustível de acordo com as condições de condução. Para se ter ideia da diferença do consumo de "laboratório" para o da "vida real", vamos pegar como exemplo o Peugeot 2008 1.2 PureTech de 82 cv com câmbio manual de cinco marchas. Pelo método usado até então, este modelo faz média de 20,9 km/l. Já pelo novo teste a média obtida foi de 15,6 km/l, uma discrepância de mais de 25%.
Citroën, Peugeot e DS começam a divulgar o "consumo real" de seus carros
No Brasil, os valores de consumo divulgados pelo Programa de Etiquetagem levam em consideração um fator de correção ao redor dos 30%, calculado pelo Inmetro, e aplicado em cima dos dados informados pelas montadoras em seus testes de laboratório. Veja também: Peugeot 208 1.2 supera os 20 km/l em teste de consumo 

Seja parte de algo grande