Multas por faróis baixos desligados já renderam R$ 911 mil aos cofres do governo

Multas por faróis baixos desligados já renderam R$ 911 mil aos cofres do governo
Em vigor desde a última sexta-feira (8), a lei que obriga o uso de faróis baixos acesos em rodovias durante o dia já rendeu algo em torno de R$ 911 mil em multas aos cofres do governo. Segundo os cálculos divulgados até agora pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), aproximadamente 3 mil motoristas têm sido flagrados todos os dias infringindo a nova norma, sendo 10,7 mil infrações registradas só no último fim de semana. O descumprimento é caracterizado como infração média, rende quatro pontos na CNH e multa de R$ 85,13.
Multas por faróis baixos desligados já renderam R$ 911 mil aos cofres do governo
A norma foi criada no intuito de reforçar a segurança nas rodovias, de modo a contribuir com a redução da ocorrência de acidentes frontais. No texto, a legislação determina que “o condutor manterá acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa”. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) ressalta também que fica permitido o uso das chamadas DRL (Daytime Running Lamp), mas luzes de posição ou faróis de neblina não são aceitos. A fiscalização é feita tanto por agentes quanto por câmeras. Ainda segundo a PRF, o estado com o maior número de multas registradas é Goiás, com 1.767 autuações. Na sequência vêm Paraná (1.516), Santa Catarina (1.092), Minas Gerais (966) e Rio Grande do Sul (825). Fotos: Reprodução e CARPLACE

Seja parte de algo grande