Como a Porsche "trollou" a Honda durante o desenvolvimento do novo NSX

Durante o desenvolvimento de um novo carro, é comum as fabricantes comprarem modelos da concorrência para serem analisados. E não foi diferente com a Honda, que adquiriu um Porsche 911 GT3 para servir de referência aos engenheiros envolvidos no projeto do novo supercarro NSX.
Como a Porsche "trollou" a Honda durante o desenvolvimento do novo NSX
Só que a Porsche acabou descobrindo o exemplar que foi adquirido pela marca japonesa e resolveu fazer uma pegadinha. Quando o GT3 da Honda foi levado para uma concessionária para fazer um recall das bielas do motor, a Porsche notou pela "caixa preta" do 911 que aquele carro já havia atingido sua velocidade máxima, de 329 km/h.
Como a Porsche "trollou" a Honda durante o desenvolvimento do novo NSX
Foi então que a Porsche sacou se tratar de uma unidade usada pela marca rival, afinal, não é todo dia que aparece um cliente que deu final num GT3! Aproveitando a ocasião, os caras da Porsche deixaram um "recadinho" embaixo da capa do motor: "Boa sorte Honda, da Porsche. Nos vemos do outro lado".
Como a Porsche "trollou" a Honda durante o desenvolvimento do novo NSX
Quando o pessoal da Honda foi buscar o GT3 na oficina, ainda perguntaram: "Nossa, mas que pista vocês usaram para passar dos 300 km/h?" (risos). A Honda usou também um McLaren 12C para desenvolver o NSX, mas ao que parece a McLaren nunca descobriu a unidade que foi comprada pela rival...
Como a Porsche "trollou" a Honda durante o desenvolvimento do novo NSX
No fim, o NSX acabou bem diferente dos concorrentes, combinando uma propulsão híbrida com um motor 3.5 V6 turbo somado a mais três motores elétricos, ao passo que o GT3 e o 12C têm somente um propulsor a combustão.

Seja parte de algo grande