Nova geração do Mercedes A45 AMG deve superar os 400 cv e ser ainda mais radical

Mesmo tendo surpreendido ao extrair números invejáveis de potência e torque de um motor 2.0 de quatro cilindros, a Mercedes-Benz planeja dar um passo ainda maior com a segunda geração do A45 AMG. Conforme antecipa a revista Autocar, a fabricante alemã trabalha para ir além dos atuais 381 cavalos e chegar a algo acima de 400 cavalos. A força extra virá acompanhada de uma carroceria mais leve (uso abundante de alumínio e fibra de carbono), de modo que a meta é baixar a aceleração de 0 a 100 km/h para menos de 4 segundos.
Nova geração do Mercedes A45 AMG deve superar os 400 cv e ser ainda mais radical
Maior e com design evolutivo (a Mercedes deve optar por não radicalizar nas linhas), o A45 AMG da segunda geração chegará ao mercado por volta de 2019. A carroceria vai abusar do uso de alumínio e fibra de carbono para reduzir o peso, com ganhos consequentes na performance, no consumo de combustível e no índice de emissão de gases poluentes. Vale lembrar que até a data do lançamento as leis anti-poluição da Europa se tornarão ainda mais rígidas.
Nova geração do Mercedes A45 AMG deve superar os 400 cv e ser ainda mais radical
Ne mecânica, o motor 2.0 de mais de 400 cv ganhará a companhia de uma nova transmissão. Sairá de cena a atual caixa de sete velocidades para entrar em ação uma transmissão de nove marchas, com dupla embreagem. Este câmbio, junto com a potência extra do motor, é uma das apostas da Mercedes para baixar a aceleração de 0 a 100 km/h para menos de 4 segundos. Fotos: Divulgação

Seja parte de algo grande