Coreia do Sul suspende a venda de 32 modelos da Volkswagen

A Volkswagen pode até ter se tornado a maior montadora ao vender mais carros que a Toyota no primeiro semestre do ano, mas as consequências do escândalo de emissões dieselgate estão apenas começando. Baseada na acusação de forjar resultados de testes de emissões e nível de ruído, seguido pela confissão do grupo de ter adotado o software malicioso em 11 milhões de veículos a diesel ao redor do mundo, a Coreia do Sul decidiu suspender a venda de 32 modelos das marcas Volkswagen, Audi e Bentley no país, diz a agência Reuters.
Coreia do Sul suspende a venda de 32 modelos da Volkswagen
A decisão, tomada nesta terça-feira (2), veio do Ministério do Meio Ambiente local e revoga a certificação de 83.000 modelos movidos a diesel e gasolina, o que eleva o número de modelos envolvidos para 209.000 no país asiático, 68% do total de carros/SUVs vendidos pelo fabricante na Coreia do Sul desde 2007. Além disso, o grupo também foi multado em 17,8 bilhões de wons (R$ 53 milhões). Prevendo a decisão do governo, a Volkswagen realizou a suspensão das vendas internas por conta própria na semana passada, mas isso não quer dizer que o grupo alemão tenha perdido a batalha, uma vez que ainda cabem medidas legais contra a suspensão. Fonte: Reuters

Seja parte de algo grande

Coreia do Sul suspende a venda de 32 modelos da Volkswagen

Foto de: Redação