Vendas caem 24,7% no acumulado do ano; mercado esboça recuperação

Como acontece todo mês, a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) divulgou nesta quinta-feira (4) o balanço mensal e acumulado do ano da indústria automotiva. Os dados apontam que em julho foram emplacadas 181,4 mil unidades, crescimento de 5,6% sobre o mês anterior. Na comparação com o julho de 2015, a queda foi de 20,3% nos licenciamentos. Nos sete primeiros meses do ano foram vendidas 1,16 milhão de unidades, queda de 24,7% em relação ao acumulado do ano passado no mesmo período.
Vendas caem 24,7% no acumulado do ano; mercado esboça recuperação
Todavia, para Antonio Megale, presidente da Anfavea, a estabilização nos licenciamentos anima: "Ainda não é possível afirmar que atingimos um ponto de inflexão, mas o fato é que a indústria encontra estabilidade nos últimos meses e alguns indicadores começam a mostrar sinais positivos. Notamos alguma melhora na confiança do consumidor e do investidor, mas é preciso esperar um pouco mais para avaliar se essa retomada terá reflexos nas vendas. Acredito que esse cenário se tornará mais evidente após as definições do cenário político".
Vendas caem 24,7% no acumulado do ano; mercado esboça recuperação
Produção e exportação Acompanhando a tendência de alta das vendas em julho, a produção registrou crescimento de 4,7% no mês (189,9 mil unidades contra 181,4 mil em junho). Todavia, na comparação com o mesmo período do ano passado, a indústria encolheu 15,3% - no acumulado do ano a queda ainda é de expressivos 20,4%. Exportações Sem novidades, as exportações continuam a tendência de alta: em julho foram embarcadas 45,6 mil unidades ao exterior, 5% a mais que do que em junho e 61% de crescimento em relação ao mesmo período do ano passado. Nos sete primeiros meses de 2016 foram 272,2 mil unidades exportadas, 20% a mais que no acumulado de 2015. Fonte: Anfavea

Seja parte de algo grande