Nissan gastou R$ 800 milhões para patrocinar os Jogos Olímpicos e promover o Kicks

Nissan gastou R$ 800 milhões para patrocinar os Jogos Olímpicos e promover o Kicks
A Nissan gastou US$ 250 milhões (cerca de R$ 800 milhões) para ser o principal patrocinador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, encerrados na noite deste domingo (21), e promover o crossover Kicks. A informação foi divulgada pelo CEO do Grupo Nissan-Renault, o brasileiro Carlos Ghosn, em entrevista ao Detroit News. De acordo com Ghosn (foto abaixo), a intenção do Grupo é que a Nissan e a Renault somadas aumentem em 50% sua participação de mercado no país. Pelo lado da Nissan, o executivo espera vender 50 mil unidades do Kicks na América do Sul nos próximos 12 meses. Pelo lado da Renault, o chefão apresentou no país os novos Kwid, Captur e Koleos, que estarão nas lojas até 2017.
Nissan gastou R$ 800 milhões para patrocinar os Jogos Olímpicos e promover o Kicks
"Como Nissan, precisamos melhorar a notoriedade da marca. Participar das Olimpíadas é uma boa maneira de aumentar essa consciência, particularmente quando você tem novos e bons produtos para mostrar ao público". Esta é a primeira vez que a marca japonesa lança um carro global no Brasil, antes de outros mercados. "O Kicks foi desenvolvido pelo time de design da Nissan do Rio de Janeiro, levando em conta necessidades locais como altura livre do solo elevada e tamanho compacto", explica o executivo.
Nissan gastou R$ 800 milhões para patrocinar os Jogos Olímpicos e promover o Kicks
Os cariocas e visitantes dos jogos receberam a mensagem: frotas de Kicks acompanharam a tocha em diversas cidades, incluindo visita à fábrica da Nissan em Resende (RJ). A marca também providenciou 4.200 carros para transportar atletas e demais participantes das Olimpíadas, além de renomear o hotel Copacabana Praia como Nissan Kicks hotel.
Nissan gastou R$ 800 milhões para patrocinar os Jogos Olímpicos e promover o Kicks
Como resultado imediato, a Nissan afirma que aumentou seu market share em 1% desde o início dos jogos, chegando a 3,5% de participação no mercado brasileiro. Isso sem contar, é claro, todo o engajamento gerado pela marca nas redes sociais, o que incluiu até mesmo o "Happy Bolt Day" para celebrar o aniversário de 30 anos do supercampeão Usain Bolt, atleta patrocinado pela empresa. Veja também: Nissan Kicks e Honda HR-V fazem "duelo olímpico" Fotos: Divulgação

Seja parte de algo grande