Samsung compra parte da chinesa BYD por US$ 450 milhões

De olho no mercado de automóveis elétricos, a Samsung anunciou a compra de ações da chinesa BYD em uma negociação de 3 bilhões de Yuan, ou cerca de US$ 450 milhões. Isso equivale a 1,92% da empresa automotiva, tornando a gigante da tecnologia na nona maior investidora. Em tempos de expansão do mercado de carros elétricos e híbridos e pontos de recarga, as montadoras e empresas de tecnologia já procuram este tipo de parceria para ambos os setores aproveitarem este bom momento.
Samsung compra parte da chinesa BYD por US$ 450 milhões
A Samsung já tinha mostrado interesse no negócio com a BYD e concluiu a negociação na quinta-feira, dia 21. Além da parceria para compartilhamento de tecnologia, é uma forma da marca conseguir entrar no mercado chinês como fornecedor de baterias, já que a lei do país exige alguma ligação com empresas locais para ter esta autorização. A BYD diz que este dinheiro será utilizado em pesquisas e expansão da fabricação dos sistemas de baterias e novas fontes energéticas para automóveis. A China é um dos maiores consumidores de carros elétricos, com previsão de crescimento até 2025, ultrapassando os Estados Unidos em unidades vendidas. Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande