Meta ambiciosa até 2030

Enquanto a maioria dos fabricantes de automóveis estão anunciando seus planos para 2020 ou 2025, a Honda esticou a meta para 2030 quando se trata de veículos amigos do meio ambiente. O CEO Takahiro Hachigo disse ao site Autonews que até o final da próxima década a gigante japonesa planeja aumentar suas vendas de carros movidos a energias alternativas, principalmente nos Estados Unidos, incluindo as marcas Honda e Acura, em mais de dois terços.

Isto significa que que Honda American Motor Co. tem como objetivo emplacar mais de 1 milhão de híbridos, híbridos plug-in, veículos movidos a célula de combustível e elétricos por ano, um plano bem ambicioso, considerando que a empresa vendeu apenas 2.329 carros híbridos até junho de 2016 nos EUA.

No entanto, o fabricante que trouxe o primeiro híbrido para a América em 1999, o Insight, agora tem quatro veículos "verdes" no portfólio: o CR-Z, RLX, Accord Hybrid e NSX. Estes se juntarão neste ano ao Clarity FCV, além de prováveis versões híbridas do Civic e CR-V, até o final de 2020.

Mas a estratégia não ficará restrita ao mercado norte-americano, pois a Honda também planeja aumentar suas vendas globais de modelos híbridos e elétricos em cerca de dois terços no período, ou seja, em 2030.

Seja parte de algo grande

Honda promete vender 1 milhão de carros "verdes" por ano até 2030

Foto de: Redação