Colisão frontal entre Versa e Tsuru a 128 km/h deixa o veterano destruído - vídeo

Poucas horas após a Nissan anunciar que o Tsuru será descontinuado no México, o veterano foi colocado à prova em um teste de colisão contra um Versa. Realizado em conjunto pelos órgãos Latin NCap e IIHS (Insurance Institute for Highway Safety), o experimento consistiu num choque frontal entre os dois sedãs a uma velocidade combinada de 128 km/h. Trata-se do primeiro crash test entre dois veículos realizado pelo Global NCAP e foi transmitido ao vivo por sua página do Facebook. O resultado final da colisão é o Tsuru com nota zero e praticamente destruído, com o colapso das principais estruturas, comprometendo seriamente a célula de sobrevivência (o modelo não possui airbags). Em nota, o órgão explica que o motorista teria lesões sérias e grandes chances de perder a vida. Leia mais: Condenado pelo Latin NCAP, Nissan Tsuru terá produção encerrada em 2017
Colisão frontal entre Versa e Tsuru a 128 km/h deixa o veterano destruído - vídeo
Por outro lado, o Versa manteve a estrutura e o habitáculo bem preservados, sendo considerado "bom" (4 estrelas para ocupantes adultos e 2 para crianças). "Essa decisão de encerrar a produção de um veículo tão inseguro é muito tardia. Há 3 anos, o Latin NCap realizou a prova de impacto com este modelo e o resultado foi 'zero' estrela. A Nissan demorou muito para reconhecer que vender automóveis de baixos patamares é inaceitável. Por fim, responderam às demandas do Latin NCap e dos consumidores mexicanos para retirar o Tsuru do mercado", afirmou David Ward, secretário geral do Global NCap.
Colisão frontal entre Versa e Tsuru a 128 km/h deixa o veterano destruído - vídeo
Após o novo teste, a Nissan reforçou o anúncio feito nesta quarta-feira (26) sobre o encerramento da produção do Tsuru em maio de 2017. A marca se prepara para atender à legislação mexicana, que prevê a partir de 2019 freios ABS e airbag duplo como itens obrigatórios. Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande