Fim do 'One Ford'? Próximos modelos terão apelo específico para cada região

Caracterizada por tornar o portfólio da Ford unificado e global, a política chamada de "One Ford" será de certa forma deixada de lado nos próximos anos. Em entrevista concedida à revista britânica Autocar, o chefe de design Moray Callum afirmou que a estratégia já atingiu seu ponto máximo de aplicabilidade comercial e que será "abrandada" nas próximas gerações de alguns modelos. Com isso, carros que hoje têm apelo mundial terão adaptações específicas para cada região.
Fim do 'One Ford'? Próximos modelos terão apelo específico para cada região
Iniciado sob o comando do ex-CEO Alan Mulally, o plano "One Ford" rendeu elogios e críticas à marca. Os modelos Focus e Fiesta, por exemplo, foram desenvolvidos na Europa e chegaram aos mais variados mercados globais em configurações relativamente semelhantes. Por outro lado, carros como o SUV EcoSport (cujo projeto foi tocado majoritariamente em países como Índia e Brasil) não tiveram a mesma recepção em países da Europa e até mesmo na Austrália.
Fim do 'One Ford'? Próximos modelos terão apelo específico para cada região
Diante disso, o próximo passo a ser dado será no sentido de adaptar regionalmente a linha. A próxima geração do Focus, segundo apontam previsões, terá um certo grau de diferenciação em cada mercado. Enquanto na Europa e no Brasil o modelo tem posicionamento premium, nos Estados Unidos o perfil adotado é mais básico. "Visualmente serão semelhantes, mas haverá menos conteúdo para o modelo dos EUA", antecipa Callum sobre a próxima encarnação. O mesmo deve acontecer com outros modelos importantes do portfólio, como o Fiesta. Uma nova linhagem está sendo desenvolvida na Europa, mas especulações já apontam para uma versão específica para mercados emergentes. A conferir. Fotos: divulgação 

Seja parte de algo grande

Fim do 'One Ford'? Próximos modelos terão apelo específico para cada região

Foto de: Dyogo Fagundes