Novo SUV aparecerá em versão final nos EUA

Aposta global da Toyota para o mercado de crossovers compactos, o C-HR não ficará de fora da América do Norte. Com lançamento até então programado pela Scion (agora extinta divisão jovem do grupo japonês), o modelo desembarcará em solo norte-americano pelas mãos da própria Toyota.

O visual será praticamente idêntico ao da versão já apresentada na Europa, com mudanças apenas no desenho das rodas, paleta de cores com tons específicos e piscas de cor âmbar, entre outras alterações. Com 4,36 metros de comprimento e 2,64 m de distância entre-eixos, o C-HR é ligeiramente maior que seu principal rival, o Honda HR-V (4,29 metros e 2,61 m de entre-eixos).

A plataforma é a modular TNGA, base que será usada na próxima geração do Corolla. Para o mercado norte-americano, o conjunto mecânico será o mesmo do atual Corolla: motor 2.0 aspirado de 143 cavalos e câmbio automático do tipo CVT.

Destaque para o pacote especial de itens de segurança, que inclui piloto automático adaptativo com frenagem autônoma e reconhecimento de pedestre, alerta de evasão de faixa com controle da direção e faróis com facho alto automático.

No Brasil, o C-HR será exibido no Salão do Automóvel ainda na forma de conceito. A Toyota nega a venda do modelo em nosso mercado, mas a rede da marca pressiona para que ele seja oferecido localmente no máximo em 2018. 

Seja parte de algo grande