"Baby" GS é aposta da marca alemã para segmento abaixo das 500 cc

Após a divulgação da primeira moto compacta da BMW, a G 310R, agora a marca alemã aproveita o Salão de Milão (EICMA) para mostrar ao mundo a derivação off-road do modelo, a GS 310. Para os brasileiros, a novidade tem uma importância extra: ao lado da naked R, ela será produzida na nova fábrica da empresa em Manaus (AM) em 2017.

"Ágil no trânsito urbano e robusta num off-road leve". Assim a BMW define sua trail compacta para um alto nível de versatilidade. A ideia foi trazer para um modelo menor o conceito GS das irmãs de alta cilindrada, como o para-lama dianteiro elevado e recortado na ponta, além do tanque "musculoso" e da traseira elevada. A nova trail tem entre-eixos curto, suspensão com garfos invertidos na dianteira, roda aro 19" na frente e postura ereta de pilotagem.

Emprestado da G 310R, o motor monocilíndrico de 313 cc é refrigerado a líquido e gera 34 cv de potência a 9.500 rpm e 2,85 kgfm de torque a 7.000 rpm. Possui quatro válvulas e duplo comando, além de injeção eletrônica. Segundo a BMW, garante pilotagem dinâmica por conta do baixo peso do conjunto, de 169,5 kg. O chassi tubular de aço é também semelhante ao da naked.

BMW mostra a GS 310, trail compacta que será nacional em 2017

Apesar de ser a trail de entrada da BMW, a GS 310 traz comandos de punho semelhantes ao das GS mais caras, bem como os freios ABS com opção de desativação para uso off-road. Já o painel de instrumentos é totalmente digital, mais simples que os das irmãs de alta cilindrada.

Junto da G 310R, a nova "GSinha" tem como missão abir o mundo BMW para uma clientela mais ampla, atuando pela primeira vez no segmento abaixo das 500 cc. Como terceiro modelo da família, é esperada uma esportiva carenada nos moldes da Kawasaki Ninja 300 e da Yamaha R3.

Fotos: Divulgação

Seja parte de algo grande