Conceito é inspirado nas versões esportivas que carregaram a sigla GT

Um dos destaques da Volkswagen no Salão do Automóvel não é uma novidade do futuro, mas uma releitura de um clássico do passado. Confira o vídeo que mostra mais detalhes do Gol GT Concept, protótipo que estuda a receptividade do público saudando as versões GT do Gol que começaram lá em 1984.

“O conceito vai à essência, ao início da lenda GT, com uma linguagem atual e moderna que traduz toda a esportividade da marca Volkswagen”, afirma o gerente executivo de Design para a Volkswagen na América do Sul, José Carlos Pavone. “O Gol GT Concept capta o olhar de uma criança para um modelo esportivo. É um presente aos fãs da marca e a essa nova geração de apaixonados por automóveis”, conclui Pavone.

No visual, a dianteira do Gol GT Concept traz grade do tipo “colmeia”, característica das versões esportivas dos modelos Volkswagen, e tem pintura preta brilhante. O para-choque é imponente e linhas fortes que integram as luzes de uso diurno e o defletor de ar. Os faróis são duplos, do tipo “full LED” (LEDs nos fachos baixo e alto).

Nas laterais, destaque para as rodas “Serron”, diamantadas, de 18 polegadas, já oferecida na linha Gol mas com aro menor. Até mesmo o logotipo é feito de alumínio. Próxima às rodas traseiras, a logomarca faz referência à do Gol GT de 1984. Apliques na região da soleira dão ao modelo aspecto “rebaixado”.

Na parte traseira, uma faixa na cor preta liga as lanternas (escurecidas), em mais uma referência ao Gol GT. O aerofólio duplo está combinado à terceira luz de freio – esta é uma barra que percorre toda a parte superior da tampa do porta-malas. O teto e a coluna central (“B”) do Gol GT Concept são pintados na cor preta brilhante. 

O interior também acompanha a esportividade do visual com cores e elementos que transmitem a sensação de um puro esportivo da marca. Os bancos, por exemplo, são do tipo concha com o emblema da versão e faixas dégradé, como no Gol GT. O volante é esportivo com a base reta e o emblema GT gravado.

Até os painéis de portas foram redesenhados e os olhares mais atentos vão reparar que também há referências ao primeiro Gol GT, como os acabamentos horizontais nas telas dos alto-falantes e dos tweeters (localizados na base da coluna dianteira “A”). Há, ainda, compartimento porta-objetos com o logo “GT” e detalhes especiais no puxador e gatilho de porta.

As saídas de ar têm desenho exclusivo – os direcionadores têm formato tipo “colmeia”, com largas molduras de alumínio. Os pedais possuem capa esportiva de alumínio, assim como a alavanca de câmbio. As soleiras de portas também trazem o logo “GT”.

A Volkswagen diz que irá avaliar a receptividade do conceito no Salão do Automóvel para então decidir se resgata uma versão esportiva do Gol. E aí? Será que teremos um novo Gol GT em breve?

Seja parte de algo grande