Modelo ganhará sua versão de produção, provavelmente bem fiel ao conceito, no final de 2017. A Tesla, e o Model X, que se cuidem...

 

 

Jaguar I-Pace Concept

Não há um fabricante de automóveis que não tenha prometido pegar a Tesla na saída. Maior fabricante de elétricos do mundo e marca da moda nos lugares em que é vendida, a empresa tem no Model X, um crossover, seu produto mais recente. E é com ele na mira que a Jaguar se junta à ofensiva. Mas, ao contrário das demais empresas, que prometem seus "anti-Tesla" para 2019 na melhor das hipóteses, a versão de produção do I-Pace Concept será revelada no final de 2017, com vendas já em 2018. Com a vantagem de que ela deve ser bem parecida com o carro apresentado minutos atrás no Salão de Los Angeles.

Jaguar I-Pace Concept

O I-Pace Concept tem 4,68 m de comprimento, 1,89 m de largura e tem ótimos 2,99 m de entre-eixos. Algo como ter um Peugeot 408 com entre-eixos de Audi A8. Ou um Kia Sorento com o espaço interno de um Bentley Bentayga. E esses nem são os números mais impressionantes que ele tem para exibir.

Jaguar I-Pace Concept

Segundo a Jaguar, ele pode ir de 0 a 96 km/h em cerca de 4 segundos. Tem um coeficiente aerodinâmico de 0,29, equivalente ao de bons sedãs. Tem uma autonomia de cerca de 350 km com uma carga completa de suas baterias de 90 kWh e leva 90 minutos para recuperar 80% dessa carga com a ajuda de um carregador rápido. Seus dois motores, um no eixo dianteiro e outro no traseiro, entregam 406 cv e 71,3 kgfm de torque.

Jaguar I-Pace Concept

O porta-malas tem 530 litros e as rodas são de aro 23", mas elas certamente são um dos únicos aspectos do conceito que serão suavizados na versão de produção. Sem a necessidade de abrigar componentes mecânicos, apenas as baterias, o piso do modelo é plano e seu centro de massa é baixo.

Jaguar I-Pace Concept

Por dentro, a Jaguar promete um mundo de espaço e um painel com a elegância característica dos modelos da marca. Há até uma certa inspiração na Volvo, com um console central flutuante, que ficaria mais natural na época em que as duas marcas faziam parte do portfólio da Ford.

Jaguar I-Pace Concept
Os controles da transmissão ficam em botões posicionados exatamente neste console central. O painel de instrumentos é digital, como seria de esperar, e o sistema de som é controlado por uma tela sensível ao toque que fica baixa e bem ao alcance das mãos, o que facilitaria seu manuseio, segundo a Jaguar. A maioria dos fabricantes atuais prefere colocar as telas ao nível do para-brisa, para evitar distrações.
Jaguar I-Pace Concept

Uma das promessas da Jaguar para seu primeiro elétrico é uma dinâmica esmerada.

Jaguar I-Pace Concept

Ela seria obtida não só com a boa potência fornecida pelos motores elétricos, mas também com um acerto de suspensão cuidadoso.

Jaguar I-Pace Concept
 

No eixo dianteiro, o I-Pace usa os conhecidos braços triangulares sobrepostos, enquanto o de trás se aproveita do que a Jaguar chama de Integral Link. Esse arranjo multibraços permitiria o ajuste da rigidez longitudinal e também da lateral. Com isso, o I-Pace seria confortável em terrenos ruins e preciso em curvas rápidas.

Jaguar I-Pace Concept

Se o I-Pace Concept for bem acolhido por crítica e público, não seria difícil imaginá-lo seguindo o mesmo caminho do Land Rover Evoque, que chegou às linhas de produção praticamente inalterado. Com uma rede de concessionários consolidada, índices crescentes de confiabilidade mecânica e uma fera como Ian Callum no design, este talvez seja o primeiro concorrente com o qual a Tesla realmente tenha de se preocupar.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande

Jaguar I-Pace Concept