Classe C emplacou 495 unidades e garantiu mais de 40% de market share

O mês de outubro foi de domínio absoluto da Mercedes-Benz entre os sedãs premium: dos 1.279 veículos emplacados nas duas categorias, nada menos do que 591 saíram das concessionárias da marca alemã. Confira agora todos os destaques do mês passado. 

 

Mercedes Classe C

 

MÉDIOS

Novamente líder na categoria de entrada, o Mercedes Classe C conquistou a preferência de 495 consumidores e assegurou mais de 40% de market share. O modelo vendeu praticamente a soma dos seus dois rivais mais próximos.

Vice-líder pelo segundo mês seguido, o BMW Série 3 (294) amargou uma retração de quase 67% na comparação com 2015. O Audi A3, com 212 emplacamentos, cresceu 17% em relação a setembro, mas se manteve em terceiro.

Após ser superado nos últimos dois meses pelo Mercedes CLA (65), o Audi A4 (73) aumentou as vendas do mês anterior em quase 24% e assumiu o quarto lugar. Jaguar XE (28), Volvo S60 (26) e Audi A5 (13) completaram a lista de modelos com pelo menos um emplacamento.

Sedãs premium médios

 

Mercedes Classe E

 

GRANDES

Após três meses consecutivos na liderança entre os modelos mais sofisticados, o Audi A6 (14) foi batido por um rival de peso. Com 19 emplacamentos em seu primeiro mês de mercado, o novo Mercedes Classe E retomou a posição de honra.

Mostrando o bom momento da montadora de Stuttgart, o top de linha Classe S emplacou nove unidades, seu novo recorde no país, e completou o pódio vendendo mais do que a soma dos seus maiores rivais, Audi A8 e BMW Série 7, com quatro unidades cada.

Nono colocado no mês anterior, o Jaguar XF (6) subiu para a quarta posição. Com nova geração lançada na Europa, o BMW Série 5 (5) caiu para o quinto lugar, com retração superior a 70% em relação a 2015.

Sedãs premium grandes

Fonte: Fenabrave

Seja parte de algo grande