O superesportivo fiel ao clássico do passado mostra força da marca com seu motor V8 de mais de 600 cv

Sem a presença do novo EcoSport em seu estando, a Ford apostou na exibição do superesportivo GT. Apresentado ao mundo na edição de 2015 do Salão de Detroit, a nova geração do GT é equipada com o motorzão V6 biturbo da linha EcoBoost com poderosos 600 cavalos de potência.

O desenho também é fiel ao modelo original. Tudo foi pensado para extrair o melhor desempenho possível, o que resultou no uso de alumínio para a confecção de alguns detalhes da parte frontal da carroceria confeccionados enquanto os painéis da traseira foram feitos em fibra de carbono.

No começo deste ano, o Ford GT foi eleito o “Supercarro Mais Bonito do Ano” no Festival Automotivo Internacional, realizado em Paris, na França. O superesportivo da Ford deixou para trás a Ferrari 488 Spider, o Honda NSX e o Cadillac CT6 na preferência do público e especialistas em automobilismo esportivo, moda, design, arquitetura, cultura e imprensa que formaram o júri.

Seja parte de algo grande