Exibidos no Salão de São Paulo, hatch e sedã prometem ficar mais econômicos.

A Renault começa a aposentadoria do seu motor 1.0 de 4-cilindros. Sandero e Logan acabam de aparecer no site da marca com a opção SCe, a nova família de propulsores, por enquanto apenas com o 1.0 de 3-cilindros. Ainda há o novo 1.6 16V de 4-cilindros, que deverá ser mostrado ao público em breve.

Sandero e Logan entram na onda dos 3-cilindros em busca de maior economia de combustível. Com 82 cv e 10,5 kgfm de torque quando abastecido com etanol, o novo motor é 2 cv mais potente e tem 0,6 kgfm a mais de torque a mais que o antigo D4D, datado de 1998. Com duplo comando variável, comandado por corrente e o alivio de peso do conjunto interno, a Renault promete melhores respostas em baixas rotações e consumo até 19% melhor na comparação com o 4-cilindros.

 

Renault Sandero Vibe

 

Entre outras tecnologias, os modelos adotaram direção eletro-hidráulica (já disponível no Sandero RS e Duster Oroch 2.0) e alternador pilotado, que aproveita as desacelerações para recarregar a bateria, se mantendo fora de ação em outras situações quando não for necessário.

Para marcar o lançamento, o Sandero Vibe aparece como série limitada. Equipado com motor SCe, ele se diferencia dos demais por detalhes internos em azul claro, aros dos alto-falantes com LEDs azuis e bancos com costura azul e laranja. Por fora, capa dos espelhos em preto e rodas aro 15" na cor cinza, além de sensor de estacionamento traseiro.

Veja os preços:

  • Sandero Authentique 1.0 SCe: R$ 42.400
  • Sandero Expression 1.0 SCe Série Especial: R$ 44.950
  • Sandero Vibe 1.0 SCe: R$ 47.100
  • Logan Expression 1.0 SCe Série Especial: R$ 42.200
  • Logan Authentique 1.0 SCE Série Especial: R$ 46.300

Seja parte de algo grande