Protótipo fotografado em testes é a versão de produção do conceito eX mostrado em Tóquio

O ASX reestilizado mostrado no Salão de São Paulo é provavelmente o último respiro da atual geração do crossover que tem boas vendas em nosso mercado. Isso porque o ASX será substituído por um modelo com design bem mais radical no fim de 2017, como linha 2018 - ou assumirá as linhas dele mantendo o nome de sucesso.

Flagrado em testes na Europa, a nova geração do ASX será a versão final do conceito eX apresentado no Salão de Tóquio de 2015. Mantendo basicamente as mesmas linhas arrojadas do show car, o modelo de produção será, contudo, mais convencional. O conta-giros com escala até 8 mil rpm entrega, por exemplo, que o motor será um convencional a gasolina, e não elétrico como no conceito. O painel inteiro, de forma geral, é conservador diante do do conceito, como podemos observar pelo cluster analógico e alavanca de câmbio tradicional.

 

2018 Mitsubishi ASX spy photo

 

O eX conceitual (abaixo) era equipado com um sistema elétrico formado por dois motores, sendo um para cada eixo. A potência conjunta chegava a 190 cavalos, com uma autonomia de 400 km. Já o sistema de tração integral tem grandes chances de equipar o carro final: é o conhecido S-AWC (Super All-Wheel Control) da Mitsubishi com três modos de condução - automático, cascalho e neve.   

 

Mitsubishi eX Concept: prévia de SUV compacto estreia em novembro

 

Apesar da camuflagem pesada, o carro flagrado já usa carroceria definitiva com os faróis e lanternas finais, o que dá a entender que o modelo deverá ser apresentado em breve. A expectativa é de que ele se posicione entre o atual ASX e o Outlander inicialmente, até que tome o lugar do ASX em definitivo num segundo momento. O design invocado será a principal arma do novo Mitsubishi para brigar entre os crossover compactos, seguindo os passos da Toyota com o também ousado (e rival) CH-R.  

Fotos: CarPix

   

Seja parte de algo grande