Objetivo é incentivar fabricantes a criar soluções para reduzir distrações com celular no trânsito

Comprovado por meio de diversas pesquisas, o uso indiscriminado de celulares e smartphones pelos motoristas enquanto dirigem já figura como uma das principais causas de acidentes de trânsito. Não apenas no Brasil, mas na maioria dos países. Atento ao problema, a NHTSA, agência de segurança e transporte dos EUA, divulgou um conjunto de propostas para ajudar a reduzir as distrações causadas pelos dispositivos móveis.

NHTSA e celular

O anúncio desta semana é, na verdade, a segunda fase das diretrizes voluntárias para abordar a distração do condutor em estradas norte-americanas. Vale lembrar que a primeira fase estava focada em dispositivos ou sistemas de segurança de fábrica nos veículos. 

"Como milhões de americanos irão para as estradas no feriado de Ação de Graças, muitos são colocados em risco por motoristas que estão distraídos com seus celulares", disse Anthony Foxx, secretário de Transportes dos EUA. "Essas diretrizes de senso comum, que se baseiam nas melhores pesquisa disponíveis, ajudarão os designers de dispositivos móveis a criar produtos que reduzam o tempo de distração na estrada."

NHTSA e celular

O objetivo do órgão é encorajar os desenvolvedores de dispositivos eletrônicos portáteis para criar produtos que, quando utilizados durante a condução, reduzam o potencial de distração do motorista. Além disso, as diretrizes incentivam os próprios fabricantes a implementar funcionalidades como emparelhamento com smartphones, entre outros.

Brasil 

Recentemente, o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançou a campanha "#DesConecta Trânsito ON, Celular OFF". O objetivo é o mesmo: tentar reduzir o número de acidentes de trânsito envolvendo motoristas e pedestres enquanto usam celulares. A iniciativa envolve a divulgação de adesivos, outdoors e banners pelo país, alertando que a combinação de celular e trânsito pode aumentar em até 400% as chances de acidentes.

 Imagens: NHTSA

Seja parte de algo grande