Lapo Elkann pediu US$ 10 mil de resgate e acabou detido junto com suposto acompanhante

Neto mais novo de Gianni Agnelli, Lapo Elkann foi preso nesta semana em Nova York acusado de simular o próprio sequestro. Herdeiro bilionário da família controladora do grupo Fiat, o conhecido playboy de 39 anos foi detido junto com um suposto acompanhante masculino quando tentava receber da família US$ 10 mil pedidos pelo próprio resgate.

De acordo com o The Daily Beast, Elkann e o acompanhante passaram cerca de dois dias em Manhattan consumido álcool e drogas escondidos em um prédio público abandonado. Já sem dinheiro, teve a ideia de ligar para a família e simular o próprio sequestro, alegando estar sendo mantido em cativeiro por uma mulher.

A polícia local foi acionada e rapidamente descobriu se tratar de uma farsa. No local combinado para pagamento do resgate, as autoridades realizaram a prisão de Elkann sob acusação de falsa comunicação de crime. Posteriormente ele foi liberado e intimado a comparecer a um tribunal criminal para prestar esclarecimentos.

Lapo Elkann

Vida agitada

Esta não foi a primeira vez que Elkann se meteu em confusão. Em 2005, por exemplo, ele quase morreu de overdose de cocaína na Itália, depois de passar dias consumindo a droga na companhia de uma prostituta transsexual. O playboy é conhecido também pelo gosto por festas e carrões.

Seja parte de algo grande