Em encontro pelo Conselho Mundial do Esporte a Motor em Viena, entidade confirma presença de prova em Interlagos

O Brasil não sairá do calendário da Fórmula 1 em 2017. É o que foi garantido após a reunião do Conselho Mundial do Esporte a Motor realizada nesta quarta-feira, em Viena, na Áustria. 

Desta forma, todas as etapas do campeonato do próximo ano estão confirmadas.

Com a saída do GP alemão, o GP da Europa, realizado em Baku, no Azerbaijão, sai de 18 e vai para o dia 25 de junho, evitando o conflito de datas com as 24 Horas de Le Mans e para facilitar a logística do GP do Canadá, que vai acontecer no dia 11 de junho.

 

Despedida do Felipe Massa no GP Brasil

 

Mas algumas outras mudanças trouxeram novas coincidências. O GP da Grã-Bretanha foi mudado para 16 de julho, e vai coincidir com o ePrix de Montreal da Fórmula E.

A temporada 2017 de F1 mantém o início na Austrália, no dia 26 de março, e termina em Abu Dhabi, em 26 de novembro, oito meses mais tarde. As férias de verão começam após o GP da Hungria, no dia 30 de julho, e terminam em 27 de agosto, com o GP da Bélgica.

Seja parte de algo grande