Leaf é usado para puxar carreta com carros prontos em fábrica do Japão.

A Nissan arrumou uma forma diferente para deslocar os carros prontos de um lado para outro na fábrica de Oppama, no Japão: um Leaf leva uma carreta. Até aí, quase normal. Mas o elétrico da Nissan recebeu tecnologia de condução autônoma e é assim que ele passeia pela fábrica. 

Um conjunto de câmeras e sensores foi colocado no Leaf para detectar obstáculos ou situações de risco em seu percurso. Uma central de comando monitora o percurso, sua origem e seu destino, conforme a necessidade de logística. Batizado de "Intelligent Vehicle Towing (IVT)", é mais um passo para o programa de carros autônomos da Nissan.

 

 

Sem a necessidade de linhas guias ou condutores, os Leaf são monitorados quanto a sua carga de baterias e à necessidade de recarga. Aumentando a segurança, ele trafega sob as baixas velocidades homologadas para o interior da planta. 

O IVT substitui carrinhos guiados por humanos. Foram 1.600 horas de teste antes da implementação total e há planos de levar a tecnologia a outras fábricas da marca ao redor do mundo, como a de Resende, no Rio de Janeiro.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande