Enquanto o Vectra virou o Cruze, no Brasil, lá na Europa ele se transformará neste belo sedã grande, que também será vendido nos EUA como o Buick Regal

Não faz muito tempo que o Chevrolet Vectra saiu de cena. Foi em 2011, ou há menos de 5 anos. Data daquela época também a mudança de estratégia da GM brasileira, que passou a se aproximar mais da Chevrolet americana, deixando os Opel em que ela se inspirava antes de lado. Lá na Europa, o Vectra foi substituído pelo Insignia, um belo sedã que cresceu e se tornou concorrente do Ford Fusion. Seria equivalente ao Chevrolet Malibu. Mas este flagrante mostra bem o que acabamos perdendo. Veja só que beleza é a nova geração do Opel Insignia...

 

2017 Opel Insignia Grand Sport spy photo

 

Bastante fiel ao conceito Opel Monza, de 2013, o novo Insignia ficará maior do que o modelo atual em 5 cm (4,88 m, contra 4,83 m), com um ganho em espaço interno muito maior (entre-eixos de 2,83 m, contra 2,74 m do atual). Ainda não temos dados sobre sua largura, atualmente em 1,86 m, mas ele é 3 cm mais baixo, passando de 1,50 m para 1,47 m. Além do sedã, ele também tem uma versão perua, contrariando a máxima de que perua é um segmento morto. Na Europa, não, senhores...

 

2017 Opel Insignia Sports Tourer spy photo

 

Apesar de maior, a segunda geração do Insignia será até 175 kg mais leve do que o modelo atual. Tudo graças ao uso de aços de ultra alta resistência. As versões flagradas são apenas as OPC, as mais esportivas da linha, com rodas de aro 20", suspensão mais baixa, freios Brembo e duas saídas de escape. Os repetidores de direção não foram para os retrovisores: continuam nos para-lamas dianteiros, como no modelo atual. Os faróis deverão ser de LED, com 16 unidades de LED para cada peça. O Opel Astra usa 8 em cada uma.

Além de ser vendido na Europa, o Insignia também chegará aos EUA como Buick Regal. À Austrália, ele deve ser exportado para substituir o Holden Commodore. Como o Insignia é um modelo de tração dianteira, os australianos talvez reclamem bastante da troca.

O que se diz é que o Insignia será revelado perto do final do ano, antes de sua apresentação ao público no Salão de Genebra. A perua, por sua vez, só deveria aparecer muitos meses depois. Esses nossos fotógrafos, sempre atrapalhando os planos das fabricantes...

Fotos: Chris Doane

Seja parte de algo grande

Flagra - Opel Insignia 2017 sedã e perua