Apesar dos sete airbags e do projeto de concepção moderna, SUV passou longe da nota máxima

O Latin NCAP divulga nesta quinta-feira (15) o resultado do último teste de colisão realizado pela entidade neste ano. Correspondente à Fase VII, bateria pôs à prova a segurança do crossover Murano, da Nissan, com pontuações aquém das esperadas.

Leia também:

Conforme explica o órgão, apesar de contar com sete airbags e projeto moderno, o SUV produzido nos Estados Unidos alcançou apenas duas estrelas na proteção para adultos e quatro na proteção para crianças. 

As críticas foram especialmente para o fraco desempenho da estrutura do carro no impacto frontal e a proteção deficiente na zona dos pés e pernas do condutor, além de movimentos excessivos na coluna de direção. Pesou contra também a quebra da dobradiça da porta do condutor, fato que expõe o ocupante ao risco de ejeção.

Nissan Murano Latin NCAP

“É surpreendente como um modelo desenvolvido com a última tecnologia, com sete airbags, não possa obter cinco estrelas para a proteção do ocupante adulto. O Murano é produzido nos Estados Unidos, onde as normas de segurança são elevadas. É surpreendente que esse modelo ofereça boa proteção no teste de colisão de sobreposição “pequeno” e um desempenho fraco no teste de colisão de sobreposição de 40%. O Latin NCAP solicita publicamente à Nissan que melhore esse modelo para ele ganhar cinco estrelas, resolvendo o problema do pobre rendimento estrutural que causou a perda de pontos”disse o órgão em nota.

Fotos: divulgação

 

Seja parte de algo grande