Executivo brasileiro é um dos mais bem pagos da indústria automobilística

Responsável por comandar a Nissan e a Renault, o brasileiro Carlos Ghosn acaba de ser eleito para ocupar um novo cargo. Conforme relata a agência Automotive News, o executivo será responsável por chefiar também a Mitsubishi, depois da recente aquisição de 34% das ações da companhia.

Considerado um dos executivos mais bem pagos do mercado, Ghosn recebeu em 2015 nada menos que US$ 17 milhões, combinadas as remunerações da Renault e da Nissan. O salário acordado com a Mitsubishi ainda não foi definido, mas já foi confirmado no orçamento da empresa que US$ 26 milhões serão destinados ao pagamento de 11 diretores e executivos, entre eles o brasileiro.

Com tamanha "generosidade", a intenção da Mitsubishi é otimizar a gestão interna e atrair novos talentos, de modo a superar o escândalo de fraude nos índices de consumo descoberto meses atrás. "Manteremos as compensações altas enquanto priorizarmos a recuperação da empresa", disse um porta-voz.

Leia também:

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande