Marca alemã suspendeu recompra de Golf 2010 depenado

E a saga da recompra dos carros afetados pelo Dieselgate continua. Diante dos fatos relatados nos últimos dias pelo site americano Jalopink, de que alguns proprietários estavam entregando carros depenados à Volkswagen, um deles recebeu um telefonema da marca alemã dizendo para não que não se preocupasse e se dirigisse à concessionária com o seu veículo para a devolução. 

Leia também:

O detalhe é que Joe, proprietário de um Golf 2010 a diesel, removeu as portas, capô, para-lamas, tampa traseira e airbags, entre muitas outras peças do carro. Ele esperava que a VW aceitasse o carro dentro dos termos do acordo de recompra, que exigia apenas uma condição para o pagamento: que o veículo fosse “operável”, ou seja, “que o veículo descrito possa ser impulsionado por seu próprio motor 2.0 TDI”. Um automóvel não será operável “se for considerado desmontado, sucata, salvado, reconstruído, refeito ou alagado até 18 de setembro de 2015 ou se tiver sido comprado por representantes de desmanches ou pelos próprios depois de 18 de setembro de 2015”.

Após a história de Joe, muitos ficaram curiosos e questionaram se a Volkswagen iria mesmo pagar por um carro "desmontado", ou simplesmente recusaria a recompra. A resposta é "não", como o próprio dono do Golf relatou. O telefone tocou meia-hora antes da negociação e o representante da VW disse que o processo foi adiado. O motivo alegado seria de que o carro "não estava no espírito das ações de recompra".

Levando em conta os termos do acordo ao pé da letra, Joe vai recorrer judicialmente e pleitear a devolução do veículo e o recebimento do valor estipulado pela marca. Todavia, a maior parte dos clientes estaria satisfeita com a oferta de recompra recebida da Volkswagen e só teriam removido acessórios instalados depois da compra. 

Diante da repercussão do fato, a Volkswagen enviou uma declaração ao Jalopink, mas que ainda não esclarece a questão se o carro "depenado" está dentro dos termos de recompra, ou não: "A prioridade da Volkswagen é fazer com que o processo de liquidação do 2.0 TDI seja o mais simples e conveniente possível para os nossos clientes afetados e estamos trabalhando duro para garantir que este seja o caso. O programa é regido por diretrizes de escolha específicas e outras condições que foram acordadas pelas partes e aprovadas pelo Tribunal".

"Sujeita à aprovação regulatória de modificações que permitirão aos veículos atender aos padrões de emissões vigentes, o acordo permite à Volkswagen modificar alguns dos veículos adquiridos pela recompra para que eles possam ser devolvidos ao comércio, em vez de descartados. A grande maioria dos proprietários Volkswagen cuidam muito bem de seus veículos e os estão retornando intactos para nós".

Seja parte de algo grande