Gama vai se basear na nova geração do Polo europeu, que fará estreia no Salão de Genebra

O chefão da Volkswagen brasileira, David Powels, tenta se recuperar dos prejuízos após um 2016 para esquecer. Logo em fevereiro, no lançamento dos Gol e Voyage 2017, Powels já confirmou que o Brasil fará uma nova família de compactos a partir de 2018. Trata-se de um projeto desenvolvido paralelamente à nova geração do Polo europeu, que será apresentada no Salão de Genebra, em março. Pois agora começaram a surgir notícias de que o Gol teria sido adiantado para o primeiro semestre do ano que vem. Será? "Sem chance", diz uma fonte ligada à empresa.

 

Nova familia VW Gol 2018

 

Claro que, para a VW do Brasil, quanto antes o campeão de vendas for renovado, melhor. Mas o fato é que não há tempo hábil para isso. O novo Polo europeu só começa a ser vendido no segundo semestre e, além disso, não há nem "cheiro" dos carros em teste no Brasil - essas imagens do hatch e do SUV camuflados foram feitas na Europa. O lançamento previsto para o primeiro trimestre do ano por aqui é o do up! reestilizado, este sim em testes no Brasil há alguns meses. 

Leia também:

Construído sobre a plataforma MQB-A0, uma simplificação da base do Golf feito no Paraná, o novo Gol será a versão brasileira do novo Polo. Haverá mudanças em termos de adoção de motores e tecnologia, mas a ideia é que design e acabamento sejam semelhantes - afinal, a intenção é refinar o Gol para se distanciar do up!. O hatch terá comprimento em torno dos 4 metros e entre-eixos alongado para 2,56 m (cerca de 10 cm maior que o atual), para ampliar o espaço interno. Motores 1.0 e 1.0 TSI serão oferecidos.

 

Nova familia VW Gol 2018

 

Além do sedã Voyage, a nova família Gol terá um inédito SUV (basicamente a versão final do conceito T-Cross Breeze mostrado no Salão de SP, mostrada na foto acima) e uma picape cabine dupla aos moldes da Fiat Toro, para atuar entre a Saveiro e a Amarok. Tanto que a VW adiantou, na última mudança da Saveiro, que ela seguirá um caminho independente da linha Gol. Esse caminho é se manter na base da linha para brigar com a Strada, abrindo espaço para a nova picape derivada do T-Cross Breeze. 

Para marcar a despedida do atual Gol, a VW pretende lançar uma série especial limitada com base no conceito GT mostrado no Salão de SP. Ela será chamada de GTi e fará homenagem aos 30 anos do primeiro carro nacional com injeção eletrônica, o próprio Gol GTi de 1988. Será lançada no fim do ano como linha 2018 - outra prova de que o novo Gol não chega antes disso...

Fotos: Carpix

 

Seja parte de algo grande