Proprietários relatam dificuldades de frenagem e pedais que "ficam moles e afundam até o chão"

Principal órgão regulador da segurança viária nos Estados Unidos, o NHTSA confirma a abertura de uma investigação contra o Ford Fusion e seu gêmeo de luxo, o Mercury Milan. Conforme relata a agência de notícias Automotive News, a entidade foi acionada depois que diversos proprietários relataram problemas envolvendo o funcionamento do sistema de freios.

Leia também:

Segundo informações do órgão, o ABS de algumas unidades pode deixar de funcionar se o carro trafegar por vias com superfícies irregulares, de modo a ficar inoperante, gerando dificuldades de frenagem e consequente risco de acidentes. Alguns proprietários chegaram a relatar que o pedal "fica mole e afunda até o chão".

 

Ford Fusion investigado

 

As investigações ainda estão em andamento e, se confirmado o defeito, a Ford será obrigada a convocar um recall para corrigir a falha. O problema deve afetar unidades produzidas de 2009 a 2011.

Em nota, a Ford comunicou que está contribuindo com as investigações. Confirmada a falha, a expectativa é que a convocação seja acionada também em outros países onde o sedã foi vendido, incluindo o Brasil.

Fotos: divulgação

 

 

Seja parte de algo grande