Brasil substitui o México como plataforma de exportação dos compactos para o país vizinho

A Nissan inicia nesta semana na Argentina a comercialização das versões brasileiras dos compactos March e Versa. Até então importados do México, os modelos que chegam ao país vizinho agora são produzidos na fábrica de Resende, no Rio da Janeiro, mantendo as mesmas especificações mecânicas de antes.

Tanto no hatchback quanto no sedã, o motor é sempre o mesmo 1.6 16 válvulas movido apenas a gasolina e com potência de 107 cv. O câmbio pode ser manual de 5 marchas ou automático de apenas 4. É curioso notar que a Nissan fez a opção de manter esta transmissão, apesar de, na mesma fábrica, estar na prateleira o câmbio CVT que é oferecido no Brasil.

No caso do March, os preços começam em 199 mil pesos (R$ 41.640) na versão Active e chegam a 269.900 pesos na Advance Media-Tech Automática (R$ 56.500). No Versa, os valores oscilam entre 244.300 pesos e 312.200 pesos (R$ 51.200 e R$ 65.350). A garantia é de 3 anos ou 100 mil km.

Leia também:

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande

Nissan March e Versa